Obrigado pela visita

Para sair e finalizar a sessão, clique em "OK"


Change font size

Atendendo às necessidades de seu gato no verão

O clima mais quente pode apresentar alguns desafios para o seu gato. Passe alguns instantes revendo as dicas a seguir para garantir o melhor tratamento possível ao seu gato durante essa época do ano.

  • Pulgas. O verão é a época das pulgas, por isso você certamente vai querer conversar com seu veterinário sobre tratamentos preventivos, sobretudo se tiver um gato com acesso à área externa da casa.
  • Proteção solar. Se você tem um gato branco, sua pele e pelo não oferecem proteção suficiente contra o sol. Você precisará colocar um pouco de protetor solar nas pontas das orelhas e no nariz.
  • Perigo no carro. Nunca deixe seu gato sozinho dentro do carro quando estiver quente. O gato poderá ficar gravemente doente ou até mesmo morrer por causa do calor extremo que se forma no interior do veículo, mesmo durante exposições curtas.

Mais água. Tanto os gatos confinados a ambientes internos quanto os gatos de vida semi-livre precisam de mais água quando está quente, já que eles podem ficar desidratados facilmente. Verifique se o seu gato está apresentando sinais de intermação:

  • Respiração muito arfante 
  • Olhar vidrado
  • Desequilíbrio
  • Cambaleamento, vômitos
  • Língua em tons vermelho escuro ou roxo 

Se você acha que seu gato está apresentando intermação, você precisa levá-lo ao veterinário imediatamente. Até que chegue à clínica, tente reduzir a temperatura corporal aplicando água fresca (nem gelada, nem congelada) sobre o corpo e deixando que ele beba pequenas quantidades de água fresca (de novo: não pode ser nem gelada nem congelada). Se você tiver compressas de gelo, aplique-as sobre a cabeça, pescoço e peito.

Os gatos são animais rústicos e podem lidar com a maioria das mudanças climáticas. Um pouco de assistência na longa estrada e o alimento Hill's® Science Diet® para gatos correto manterão seu animal de companhia feliz e saudável.


Produtos Relacionados