Obrigado pela visita

Para sair e finalizar a sessão, clique em "OK"


Change font size

Brincando com o seu gato

Brincar com seu gato é uma forma importante de manter-lhe a saúde e os laços afetivos entre vocês. Por sorte, os gatos adoram brincar!

Oferecer oportunidades para que seu gato brinque sozinho é particularmente importante para gatos confinados a ambientes internos, sobretudo se eles passarem uma grande parte do dia sozinhos. Tanto os filhotes quanto os gatos adultos sentem-se estimulados pelo mesmo tipo de jogos, embora os filhotes não precisem de muito incentivo para começar a brincar. As brincadeiras dos gatos são quase que totalmente relacionadas à simulação de seu comportamento relacionado à caça.

Os brinquedos certos. A primeira coisa que você vai querer encontrar é um brinquedo adequado para brincar com seu gato. Se você está tentando estimular o comportamento predatório de seu gato, é claro que não vai querer usar suas próprias mãos para isto. Mesmo que seu gato seja delicado, ele poderá mordê-lo caso se empolgue demais. Você vai querer que seu gato associe suas mãos ao carinho e à alimentação, e não à caça e ao extermínio da presa.

Estímulo sonoro. Os brinquedos que contêm sinos ou ginchos são particularmente bons para os gatos que ficam muito tempo sozinhos, porque o som atua como um estímulo adicional.

Com todos esses brinquedos, é importante lembrar que você precisa alterná-los para evitar que seu gato perca o interesse por eles. Não basta jogar todos os brinquedos no chão de uma só vez e deixá-los ali. Os gatos são muito inteligentes e se cansarão dos brinquedos rapidamente. Em vez disso, deixe apenas um ou dois brinquedos disponíveis de uma vez e alterne-os regularmente. Isto será bem mais interessante para o seu gato.

Jogos. Um tipo de jogo fantástico para você e seu gato é prender uma bolinha, uma pena ou um camundongo de brinquedo na ponta de uma corda. Na outra ponta da corda, você também pode prender uma varinha. Com este tipo de artefato, é fácil simular a movimentação de uma presa para estimular seu gato a brincar.

  • Tente imitar um pequeno animal escondendo-se atrás da mobília ou balance a corda no ar como se fosse um pássaro, deixando que o brinquedo ocasionalmente toque o chão, como se estivesse saltando.
  • Leve o tempo que for necessário para que seu gato persiga ou cace a “presa” por algum tempo. Depois de cinco ou 10 minutos, deixe seu gato atacar o camundongo ou abater o “pássaro” em pleno voo.
  • É importante que seu gato tenha a sensação de uma caçada bem sucedida.

Deixe seu gato mastigar o brinquedo ou carregá-lo consigo. Se vocês ainda estiverem se divertindo, o brinquedo pode “voltar à vida” novamente ou você poderá introduzir um novo. Não deixe nenhum brinquedo com corda ou fio preso enquanto não estiver brincando com seu gato, porque ele poderá mastigá-lo e engolir o fio. E lembre-se: é importante manter os brinquedos sempre “frescos” e estimulantes.

Com que frequência você deve brincar? Duas sessões diárias de brincadeiras seriam fantásticas para você e seu gato. Talvez você descubra que fazer uma dessas sessões um pouco antes de dormir (ou mesmo adicionar uma terceira neste momento) ajudará a acalmar um gato que geralmente se mete em encrencas durante a noite. Caso o seu gato não se mostre interessado em brincar na primeira tentativa, não desista. Continue tentanto e você começará a perceber como e quando ele gosta de brincar.


Produtos Relacionados