Obrigado pela visita

Para sair e finalizar a sessão, clique em "OK"


Change font size

O primeiro mês de seu gato em casa

Depois de alguns dias, seu gato começará a se acostumar ao novo ambiente de sua casa. É hora de começar a pensar nos cuidados de longo prazo e certificar-se de que você está preparado para uma vida longa e feliz junto ao seu animal. Entenda os princípios básicos a aplicar no primeiro mês para começar uma relação saudável da forma adequada.

A cama certa para o sono de beleza. Os gatos podem dormir por até 18 horas por dia, por isso é importante que você crie condições favoráveis ao sono de seu novo animal de companhia.

  • Providencie uma cama de revestimento macio e lavável e coloque-a em uma cesta ou caixa pequena, num cantinho aconchegante ou em algum lugar particularmente gostoso e ensolarado da casa.
  • Se você quiser que seu gato durma com você, eis aqui um lembrete importante: os gatos tendem a ser notívagos, e portanto podem interromper seu sono durante a noite. Caso as travessuras noturnas o acordem, ponha seu gato suavemente no chão. Procure não premiar a interrupção de seu sono com atenção, senão você estará convidando seu gato a acordá-lo repetidamente.

Brinquedo típicos. Os brinquedos bons para gatos são fáceis de encontrar e, na maioria das vezes, você sequer precisa comprá-los. Eles geralmente se interessam tanto por bolas de papel ou de ping-pong quanto por brinquedos fabricados para gatos. Bolinhas de papel alumínio, tampas de garrafas pet, sacolas de papel ou qualquer coisa que se mova facilmente e faça um pouco de barulho é um forte candidato a se transformar em brinquedo de gato.

Seguro em qualquer parte. A maneira mais segura e confortável de viajar com seu gato é levá-lo dentro de uma caixa de transporte. Antes de cair na estrada, passe um tempo acostumando seu gato à caixa de transporte; para isto, você pode guardar alguns brinquedos dele nela ou transformá-la em um local aconchegante para uma soneca dentro de casa.

Identificação adequada. Tenha sempre uma placa de identificação com informações cadastrais apropriadas (número de registro, vacinação antirrábica, etc) presa à coleira de seu gato. A coleira deve ser ajustada para ter uma pequena folga, mas não a ponto de permitir que deslize e saia pela cabeça do gato. Deixe um espaço de dois dedos entre a coleira e o pescoço. Converse com seu veterinário sobre o implante de um microchip para ajudá-lo a localizar seu gato caso ele se perca.

Regras da bandeja sanitária. Para casas com apenas um gato, é necessário que haja ao menos duas bandejas sanitárias, uma por andar, para facilitar o acesso. Nas casas com mais de um gato, deve haver uma bandeja a mais que o número de gatos residentes. O comprimento da bandeja sanitária deve ser pelo menos 1 ½ vezes maior que o do gato e, uma vez instalada, não deve ser removida para outros lugares. Observe que nem todos os gatos gostam de bandejas sanitárias cobertas ou forradas.

  • Coloque a bandeja sanitária em um local tranquilo, de fácil acesso e longe das áreas de maior circulação da casa, onde outros animais e pessoas terão menos chance de atrapalhar a “rotina” de seu gato.
  • Ponha cerca de 4 cm de argila ou granulado sanitário formador de grumos na bandeja de seu gato. Milho aromatizado, trigo, pinha e outros elementos usados como granulado para a bandeja sanitária não são bem aceitos pelos gatos.
  • Limpe os dejetos da bandeja sanitária duas vezes ao dia e troque o granulado completamente uma vez por semana, pois seu gato preferirá usar uma bandeja sanitária limpa. Lave sempre a bandeja com um detergente suave antes de renovar o granulado
  • Nunca toque ou interrompa seu gato quando ele estiver usando a bandeja sanitária.
  • Procure seu veterinário caso seu gato “vá ao banheiro” fora da bandeja sanitária, pois ele pode estar manifestando algum problema de saúde.

Produtos Relacionados