Personalidades das Raças de Cães: Encontre a Combinação Certa Para Você

Published by
minuto ler

Personalidade é tudo. E isso aplica-se tanto para os cães quanto para as pessoas. Se você está pensando em ter um cão, você pode se dedicar a escolher uma raça específica, mas essa raça é ideal para você? A personalidade dos cães desempenha um grande papel para determinar se um cão é uma boa escolha para sua casa. Escolher uma raça de cão se torna muito mais simples se você souber quais características são compatíveis com as suas próprias necessidades. Siga estas dicas para ajudar a escolher o cão certo para sua personalidade e estilo de vida.

Considere Sua Casa e Família

Two young blonde boys and a baby snuggle with a larger brown dog in bed.Você é solteiro (a) ou tem uma família grande? Você tem filhos pequenos, outros animais de estimação ou filhos mais velhos? Além de avaliar os membros de sua família, pense em sua casa física também. O espaço também é uma consideração, tenha você uma casa ou apartamento, um quintal grande cercado ou um pequeno gramado, um bairro que seja bom para caminhar com seu cão ou um parque para levá-lo, tudo deve ser levado em consideração na escolha de uma raça ou tamanho.

Essas perguntas ajudarão a restringir sua busca por um cão. Por exemplo, se você mora em um apartamento e não possui acesso fácil a um parque ou a um lugar para passear, provavelmente vai querer ficar com um cão pequeno que não requer muito espaço para se exercitar. Se você tem filhos pequenos, provavelmente vai querer evitar raças toy, que podem ser frágeis e bravas com crianças muito pequenas, e procurar uma raça maior com a reputação de gostar de crianças pequenas. E se você se sentir atraído por cães muito grandes, como Dogue Alemão você vai querer ter certeza de ter uma casa e quintal suficiente para acomodar confortavelmente um cão tão grande.

Avalie Seu Estilo de Vida

Você trabalha por longas horas ou viaja com frequência? Você gosta de sair e passear ou é mais uma pessoa caseira?

Se você tem um estilo de vida ativo, faz sentido procurar uma raça ativa que possa acompanhá-lo. Terriers e raças de grupos esportivos gostam de muita atividade e exercício. Se você preferir passar seus sábados com os pés para cima, por outro lado, uma raça ativa não seria a melhor combinação. Se você for do tipo que está longe de casa por longos períodos e não consegue levar seu filhote junto, precisará procurar uma raça com um temperamento que tolere ficar sozinho durante a maior parte do dia.

Avalie Por Que Você Quer um Cão

Também é uma boa ideia examinar o que você espera ao ter um cão. Você quer simplesmente um companheiro ou um cão de guarda? Você quer um amiguinho para se aninhar em seu colo ou um grande amigo para lhe fazer companhia quando for correr? Alguns tutores procuram um cão de babá que possa proteger seus filhos enquanto brincam, enquanto outros procuram encontrar um novo melhor amigo para sua família. Ser totalmente honesto consigo mesmo sobre o motivo pelo qual você quer um cão e o que você espera que ele faça por você e sua família será uma boa maneira de restringir o melhor tipo de cão para sua família.

Avalie o Tempo e Orçamento

Faça uma avaliação honesta de quanto tempo e dinheiro você dispõe para dedicar a um cão. Tenha em mente que adotar um cão está muito próximo de adotar uma criança muito pequena que permanecerá pequena para sempre. Além de fornecer nutrição adequada, uma cama, brinquedos e vários acessórios, você também precisará providenciar cuidados de higiene, exercícios adequados e cuidados com a saúde. Alguns cães precisam de mais dessas coisas do que outros. Por exemplo, não importa o quanto você ama um filhote de maltês, se você não tiver tempo nem orçamento para escovar e cortar o pelo regularmente, ele não será o cão certo para você. E algumas raças possuem predisposições genéticas desfavoráveis para condições médicas que podem ser difíceis de se lidar, tanto em termos de tempo quanto de dinheiro. Decida com antecedência o quanto dos dois recursos você está disposto (a) a dedicar para cuidar do seu cão durante sua vida.

Cães Adultos X Filhotes

little sleeping French bulldog puppies lying on a beautiful green grassA idade é outra característica importante a considerar. Muitas pessoas preferem adotar filhotes por uma série de motivos, nada menos que por serem fofos e difíceis de resistir. Algumas pessoas acham que criar um cão desde filhote cria uma ligação mais forte. Mas os filhotes também podem ser muito trabalhosos para adestrar e cuidar e têm uma habilidade de esgotar sua paciência até seu limite. Os cães mais velhos, por outro lado, tendem a vir já adestrados e socializados, sem mencionar o passado no estágio de dentição destrutivo, “mastigando tudo à vista”. A menos que tenham uma história traumática (que ainda pode ser superada), os cães mais velhos geralmente não têm problemas em estabelecer um vínculo estreito com sua nova família.

Escolhendo uma Raça ou Tipo de Cão

Depois de listar todos os seus traços ideais de personalidade canina, é hora de pesquisar raças ou tipos de cães. Um ótimo lugar para começar é no seu abrigo local para ver os tipos e raças de cães que você pode querer considerar. Além disso, a HillsPet.com tem muitos artigos sobre informações de raças disponíveis para ajudar a guiá-lo, assim como o American Kennel Club. Se você não tem ideia de como começar, pode ser útil começar a pensar em grupos de cães. Raças do grupo terrier, por exemplo, tendem a ser assertivas e energéticas e precisam de uma mão firme e muita paciência para adestrá-las. Os cães de grupos de trabalho são inteligentes e relativamente fáceis de treinar e são mais felizes se tiverem um trabalho a fazer. Pode ser útil começar com grupos de cães.

Depois de restringir suas seleções, talvez seja útil conversar com pessoas que tenham experiência com as raças que lhe interessam. Se você não conhece ninguém que possua essas raças, tente pesquisar na internet, onde você encontrará muitos fóruns e comunidades que se concentram em raças específicas. Também é uma boa ideia conversar com seu veterinário, que pode não apenas aconselhá-lo (a) sobre o temperamento da raça, mas também informar se a raça escolhida possui alguma predisposição médica que você deva saber. Seu veterinário também deve poder recomendar um criador ou abrigo de boa procedência. Tenha em mente que existem muitos grandes abrigos para animais que se concentram em raças específicas, por isso você não precisará gastar centenas ou milhares de reais comprando um filhote de um criador.

Raça Pura X Raça Mestiças

Embora geralmente não seja difícil encontrar cães de raça pura em abrigos de animais que precisam de lares amorosos, você provavelmente também encontrará uma grande variedade de cães de raças mestiças. Pode parecer que o temperamento de um cão de raça mestiça seja mais difícil de prever do que aqueles que são criados em um padrão específico, mas se você sabe quais raças compõem a herança da raça mestiça, não é tão difícil. Geralmente, os cães mestiços tendem a ter um equilíbrio das características predominantes de seus pais. Muitas vezes, eles tendem a ter mais personalidades moderadas do que as extremas que às vezes você encontra em cães de raça pura. Além disso, de acordo com a Humane Society of the United States, cães mestiços são menos propensos a defeitos genéticos que às vezes resultam do cruzamento excessivo de cães de raça pura. Se você está considerando um cão de abrigo, converse com o conselheiro de adoção do abrigo sobre os traços de personalidade que você está procurando. Ele ou ela deve ser capaz de ajudá-lo a encontrar a melhor combinação.

Com todas essas perguntas, pode parecer que encontrar a personalidade canina certa é tão complicado quanto encontrar sua alma gêmea. Mas é algo que deve ser levado a sério. Afinal, o seu cão provavelmente será uma parte importante da sua vida pelos próximos 10 a 15 anos. Você deve isso a ambos para ter certeza de que é uma boa combinação.

Biografia da Colaboradora

Jean Marie Bauhaus

Jean Marie Bauhaus

Jean Marie Bauhaus é mãe de estimação, blogueira e romancista de Tulsa, Oklahoma, onde geralmente escreve sob a supervisão de uma ninhada de bebês peludos.

Artigos Relacionados

  • O que Seu Cão Está Tentando Lhe Dizer

    As palavras podem ser importantes para os humanos se comunicarem, mas os cães transmitem emoções por meio da linguagem corporal e dos sons. Embora seu cão pareça entender suas palavras, especialmente se você se esforçar para adestrá-lo com comandos simples como “sente”, “venha” e “fique”, você também precisa trabalhar para entender e traduzir a linguagem corporal canina.
  • Ansiedade de Separação e Seu Cão

    180680638 Aprender sobre o comportamento do seu cão e por isso a ansiedade de separação em cães adultos podem tornar-se um sério problema para os proprietários de animais de estimação.
  • Why Does My Dog Eat Grass?

    If you
  • How to Handle Your Puppy in Season

    180680638 If your female puppy hasn