Identificando e Prevenindo a Ansiedade de Separação em Seu Cão

Published by Jean Marie Bauhaus
minuto ler

Alguns cães ficam chateados quando seus tutores saem de casa. Afinal, eles geralmente não gostam de serem deixados sozinhos ou estarem separados de seus melhores amigos. Como você pode saber se o seu cãozinho está meramente entediado por você ter saído ou sofrendo de algo mais sério? Use as informações seguintes para identificar a ansiedade por separação em cachorros e ajude-o a restaurar a calma nos momentos de solidão.

A ansiedade de separação é algo real?

Cães com ansiedade de separação vão além de simplesmente fazer birra ou choramingar quando você os deixa sozinhos o dia todo. A ansiedade de separação se manifesta em um comportamento destrutivo ou auto prejudicial que pode incluir sujeira na casa, destruição do ambiente e até ocasionalmente se machucar ao tentar fugir. Outros sintomas incluem vocalizar excessivamente, recusar-se a comer ou beber e ofegar ou salivar incessantemente. Muitos cães com ansiedade por separação também não respondem bem ao confinamento em caixa de transporte.

Brown dog lying on blue couch looks dejected after ripping a pillow apart.

Contudo, é importante ter em mente que muitos desses sintomas podem estar associados a outras condições, o que dificulta o diagnóstico adequado da ansiedade de separação. Se o seu cão urina em casa enquanto você estiver fora, por exemplo, ainda existem várias possíveis causas  para isso - como treinamento inadequado ou incontinência urinária devido a uma condição física. Ofegar excessivamente, salivar e recusar-se a comer ou beber também podem sinalizar outras condições médicas, como por exemplo, a desidratação. Alguns cães simplesmente têm personalidades indisciplinadas, e isso faz com que tudo ao seu redor esteja sujeito a sofrer danos colaterais.

A chave é determinar se esses comportamentos ocorrem apenas quando seu cão é deixado sozinho em casa, e descartar outras causas, como condição médica ou a idade e personalidade do cão. No caso da ansiedade por separação, a destrutividade geralmente é específica ao desejo de escapar. Mastigar seu par de sapatos favorito enquanto você estiver fora, costuma ser apenas ele, agindo como cachorro. Mas se ele mastiga e arranha o papel de parede, ele pode muito bem estar desesperado para sair - um sinal revelador de ansiedade de separação em cães. Outra dica  é verificar se estes são comportamentos novos, que seu cão normalmente não exibia, especialmente se você estiver ausente com mais frequência do que no passado e deixa o cachorro sozinho o dia todo.

Prevenindo esse estresse

Embora a causa pela qual alguns cães se sentem assim e outros não permaneça um mistério, alguns gatilhos foram identificados. De acordo com a The Humane Society dos Estados Unidos(site em inglês),  eles incluem:

  • Ser deixado sozinho pela primeira vez depois de se acostumar com a companhia constante.              
  • Trauma devido ao tempo de permanência em um abrigo/canil novo/local estranho.
  • Mudança repentina na rotina ou estrutura familiar, como a morte de um membro da família ou animal de estimação.

Na medida em que estiver ao seu alcance, ajudar seu cão a lidar com qualquer um desses cenários o impedirá de desenvolver ansiedade de separação em primeiro lugar. 

Planejando deixá-lo em um hotel ou pet care por alguns dias enquanto estiver fora da cidade? Vá acostumando ele aos poucos, leve-o para visitar o local com antecedência e deixe uma camiseta velha com seu cheiro ou o brinquedo favorito dele para confortá-lo durante a estadia. Caso ocorra alguma mudança importante  em casa, dê atenção ao seu amigo para reafirmar que ele ainda está seguro e a salvo.

Man hugs a yellow lab with a blue ball in his mouth.

Se seu cão já está sofrendo de ansiedade de separação, a chave para tratar o distúrbio é ajudá-lo a superar seu "medo". A PetMD (site em inglês) recomenda  primeiro avaliar o comportamento e o ambiente do seu cão - bem como quaisquer influências comportamentais que você possa estar exercendo sobre ele sem querer - para determinar o que você pode mudar para deixar seu animal de estimação mais confortável com sua ausência (temporária). Um adestrador de cães ou um comportamentalista experiente também podem ajudá-lo a determinar o que mais está interferindo com o comportamento do seu cão. Se necessário, seu veterinário pode prescrever medicamentos contra ansiedade para ajudar a acalmá-lo enquanto você se empenha em guiar suas reações em uma direção melhor.

A Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade contra Animais (site em inglês) destaca que é importante proporcionar ao seu animal de estimação, muitos estímulos mentais e físicos. Exercícios vigorosos, caminhadas diárias e brincadeiras interativas podem ajudar bastante a manter a confiança dele quando você sair. Fornecer brinquedos mentalmente estimulantes, como brinquedos com compartimentos para comida ou quebra-cabeças, dão a ele algo para manter a mente ocupada, em vez de pensar na sua ausência.

E, é claro, cobrir seu cão com amor e atenção quando você estiver com ele servirá como lembrete de que ele pode contar com você, não importa onde você esteja. Se você suspeita que ele tem ansiedade de separação, converse com seu veterinário sobre os sinais é um bom ponto de partida. Com um diagnóstico adequado, um bom protocolo de ação pode ajudá-lo a superar isso. E com consistência na execução dos procedimentos, seu amigo tem uma excelente chance de se manter mais calmo e feliz sempre que tiver que passar um tempo sozinho.

Biografia da Colaboradora

Jean Marie Bauhaus

Jean Marie Bauhaus

Jean Marie Bauhaus é mãe de estimação e blogueira de estimação de Tulsa, Oklahoma, onde geralmente escreve sob a supervisão de uma ninhada de bebês peludos.

 

Artigos Relacionados

  • O que Seu Cão Está Tentando Lhe Dizer

    As palavras podem ser importantes para os humanos se comunicarem, mas os cães transmitem emoções por meio da linguagem corporal e dos sons. Embora seu cão pareça entender suas palavras, especialmente se você se esforçar para adestrá-lo com comandos simples como “sente”, “venha” e “fique”, você também precisa trabalhar para entender e traduzir a linguagem corporal canina.
  • Ansiedade de Separação e Seu Cão

    180680638 Aprender sobre o comportamento do seu cão e por isso a ansiedade de separação em cães adultos podem tornar-se um sério problema para os proprietários de animais de estimação.
  • Why Does My Dog Eat Grass?

    If you
  • How to Handle Your Puppy in Season

    180680638 If your female puppy hasn

Produtos Relacionados