Entendendo o Metabolismo do Seu Cão

Publicado Por
minuto ler

Alguma vez seu veterinário já lhe disse que seu cão precisava emagrecer? Alguns tutores começam a contar calorias, cortam petiscos e aumentam a frequência de exercícios para poder ver a balança se mover.  Mas, assim como em humanos, o metabolismo de um cão também pode ser lento, sabotando todos os seus esforços para perda de peso.

Quer saber como o metabolismo do seu cão funciona? Aqui estão alguns conceitos básicos para o controle de peso em cães.

O Processo Metabólico

O metabolismo é um complexo processo realizado pelo corpo para converter alimento em energia. Para isso, é necessária a interação entre os sistemas: digestório, endócrino, nervoso e os músculos. Mesmo se você estiver apenas dormindo ou assistindo TV no sofá, seu corpo precisa de energia, para que você possa respirar, bombear sangue e  digerir. Você sabia que 5% a 15% da energia que gastamos diariamente, de acordo com a Revista Discover, é utilizada para digestão dos alimentos?

O número de calorias necessárias para realizar todas essas funções básicas é chamado de taxa metabólica basal, ou necessidade energética de repouso. Quando você adiciona mais atividade física, a necessidade calórica do corpo aumenta e o metabolismo de seu cão funciona da mesma maneira.

Yellow lab licking his lips outside

Envelhecimento e Mudanças no Metabolismo Canino

Existem diversos fatores que podem afetar o metabolismo de um cão. À medida que o animal envelhece, sua massa muscular tende a diminuir lentamente, processo chamado de sarcopenia. Se um animal idoso tem osteoartrite, que causa dor ao andar ou correr, precisará diminuir o ritmo dos exercícios, o que também contribui com a perda de massa muscular. Os músculos são os principais impulsionadores do metabolismo - músculos saudáveis e fortes são necessários para  a manutenção da uma taxa metabólica basal saudável. Se o cão não está queimando calorias o suficiente, será mais fácil o ganho de peso.

A obesidade é considerada um grande problema nos Estados Unidos. De acordo com a Associação de Prevenção a Obesidade Pet (site em Inglês), 56% dos cães do país tem excesso de peso. É importante salientar que a obesidade, combinada com a perda de massa muscular, pode reduzir a taxa metabólica basal.

Outros Fatores

O metabolismo de um cão também pode ser afetado por distúrbios hormonais. O hiperadrenocorticismo compromete o funcionamento normal da hipófise, glândulas adrenais e, por consequência, aumenta os níveis de cortisol no organismo, de acordo com a PetCareRx. Nesses casos, os cães geralmente apresentam aumento de apetite associado a taxa metabólica basal mais lenta, dificultando a perda de peso quando a doença não é tratada. 

Hipotireoidismo é outra desordem hormonal que reduz a taxa metabólica basal. Assim como em cães com hiperadrenocorticismo, o hipotireoidismo também contribui para o sobrepeso. Mas, cães hipotireoideos costumam ganhar peso, apesar de terem um apetite regular ou diminuído. 

A genética também desempenha um importante papel na taxa metabólica basal de seu cão, assim como em humanos. Cães predispostos a um metabolismo mais lento terão maior dificuldade em queimar as calorias ingeridas, o que significa que petiscos e restos de comida podem ser responsáveis por alguns quilos extras, possivelmente causando uma série de outros problemas de saúde do seu pet. As características da taxa metabólica do cão podem ser transmitidas pelos pais, assim como doenças genéticas. A genética também é um fator ligado a raça do animal. É importante conversar com seu veterinário para entender qual o peso corporal correto para manutenção do funcionamento adequado do seu metabolismo e da saúde do seu pet.

Labrador retriever puppy receives treat from human hand at sunset.

O Papel da Nutrição

Cães idosos, com sobrepeso ou com doenças hormonais, que afetam de forma negativa seu metabolismo, podem se beneficiar com uma dieta personalizada com ração para perda de peso. Um alimento que contenha menos calorias e maior teor de fibras pode acelerar a atividade do metabolismo dos cães. A restrição calórica é importante, mas trabalhar com seu veterinário para encontrar uma mudança segura é crucial. Se o organismo do animal entender que está passando fome, ele mudará para um estado em que  economiza energia, desacelerando a taxa metabólica basal e degradando tecido muscular para utilizá-lo como fonte de energia. Esse é exatamente o oposto do ideal para um controle de peso eficaz!

A avaliação veterinária é importante para determinar as calorias diárias necessárias e a ração para seu cachorro emagrecer, de forma a acelerar seu metabolismo e ajudá-lo a perder peso. Sabemos o quanto os cães podem implorar por comida, ‘assaltar’ a cozinha e até mesmo o lixo quando estão com fome. Por isso, uma nutrição completa e balanceada (sem excesso de petiscos), combinada com exercícios regulares, é importante para manutenção do metabolismo saudável de seu cão. 

Se você já tentou exercícios e restrição calórica para seu cachorro gordinho e, mesmo assim, ele ainda está lutando para chegar ao peso ideal, consulte seu veterinário sobre opções de alimentos coadjuvantes especialmente formulados para a manutenção de um metabolismo saudável que irá colaborar a perda e manutenção de peso. 

O peso ideal  é um dos principais fatores que determina a longevidade e qualidade de vida de seu cão. Você pode ajudá-lo a manter um metabolismo saudável com alimentação adequada, exercícios e consultas veterinárias regulares. Se você acha que seu cão pode ter um metabolismo lento, peça orientação de seu veterinário. Ele poderá identificar quaisquer condições que possam estar sabotando seus esforços para emagrecer e prescrever a melhor estratégia para perda e controle de peso.

Contributor Bio

Dr. Sarah Wooten

Dr. Sarah Wooten

Dr. Sarah Wooten  se formou na Escola de Medicina Veterinária da UC Davis em 2002. Membro da Sociedade Americana de Jornalistas Veterinários, a Dra. Wooten divide seu tempo profissional entre a prática de pequenos animais em Greeley, Colorado, falar em público sobre questões associadas, liderança e comunicação com o cliente e escrita. Ela gosta de acampar com a família, esquiar, praticar mergulho e participar de triatlos.

Artigos Relacionados

  • Quais são os sinais de alergias alimentares?

    180680638 Você vê seu cão se coçando todo, sofrendo de problemas gastrointestinais, diarreia crônica ou gases. Ele pode estar vomitando ou até mesmo coçando a orelha ou esfregando o rosto.
  • Cancer

    180680638 Learn about the symptoms, diagnosis and treatment of cancer and tumors in dogs, providing pet owners with valuable information and resources when dealing with canine cancer.
  • Heart Disease | Hill's Pet

    180680638 Learn about the warning signs, symptoms, and treatments of heart disease in dogs and the affect on your pet's health and well-being.
  • Fatos Sobre Doença Hepática em Cães

    180680638 O fígado é um órgão importante com muitas funções, incluindo a digestão e conversão de nutrientes, a remoção de substâncias tóxicas do sangue e o armazenamento de vitaminas e minerais.

Produtos Relacionados

Related products