Remoção e Prevenção de Carrapatos em Cães

Publicado por
minutos de leitura

Se o seu cão passa muito tempo ao ar livre, ele corre um grande risco de pegar carrapatos - aqueles parasitas com várias patas, transmissores de doenças que gostam de se esconder no pelo e de grudar na pele. Aprender como tirar carrapatos de cachorro adequadamente e as formas de preveni-los são cruciais para impedir a propagação de doenças, não apenas para o seu companheiro, mas para você e sua família.

Perigos de Carrapatos

Embora um inseto tão minúsculo possa parecer inofensivo à primeira vista, a American Kennel Club Canine Health Foundation (AKCCHF) estima que milhares de cães são infectados a cada ano com doenças transmitidas por carrapatos, como doença de Lyme, erliquiose canina, anaplasmose canina e febre maculosa, algumas das quais são transmissíveis aos humanos. Picadas de carrapato também podem infectar e causar dor e dermatite parasitária, especialmente quando o carrapato não foi removido de maneira adequada. Embora cães de campo, cães ao ar livre e cães que passam muito tempo em áreas arborizadas sejam os que correm maior risco, todos os cães podem entrar em contato com carrapatos em algum ponto, portanto, verificações regulares de carrapatos são um bom hábito para todos os pais de cães.

Fique de olho no seu cachorro. Se você notar que ele está coçando ou mastigando um ponto específico do corpo, ele pode ter pegado carrapato e é uma boa ideia verificar o local onde ele está coçando. Para cães com muito cabelo, pentes especiais podem servir para inspecioná-los mais facilmente. Uma segunda pessoa para ajudar nessa situação também pode ser útil.

Remoção de Carrapatos em Cachorro

Se possível, especialmente se for sua primeira vez lidando com a remoção de carrapatos, a AKCCHF recomenda levar seu cão a um veterinário ou técnico veterinário para garantir que isso seja feito de maneira adequada a fim de evitar infecções. Se você decidir remover o carrapato sozinho, PetMD aconselha o uso de luvas descartáveis ​​e pinças para lidar com o carrapato - nunca deixe que ele entre em contato com a pele. Usando a pinça, segure-o o mais próximo possível da cabeça e puxe para fora sem torcer ou apertar o corpo.

Assim que sair, coloque o carrapato em um pequeno recipiente com álcool isopropílico para matá-lo. Certifique-se de que a cabeça ainda esteja presa ao corpo. Se você suspeitar que a cabeça ainda está incrustada na pele do seu cão, você deve consultar o seu veterinário e ficar de olho para ver se há infecção. Trate a área da picada limpando e desinfetando.

Woman applies tick medicine to fluffy dog.

Depois disso, fique atento ao seu cão para detectar quaisquer sinais de doença. De acordo com Centers for Disease Control, os sinais e sintomas de doenças de carrapatos em cachorros podem levar de sete a vinte e um dias, ou mais, para aparecerem. Os sintomas variam de doença para doença, portanto, se você notar algo incomum em seu cão durante esse período, entre em contato com o veterinário imediatamente.

Caso você encontre um carrapato escondido em seu cachorro, certifique-se de verificar a si mesmo e ao restante de sua família em busca de parasitas adicionais. Isso ajudará a evitar que sua família contraia doenças, bem como os hospedeiros parasitas que saltam e voltam para o seu cão.

Prevenção de Carrapatos

Claro, a prevenção é o melhor remédio. Mas como eliminar carrapatos do ambiente? Trate seu quintal para evitar esses parasitas e outros insetos, aparando arbustos e outros habitats amigáveis ​​a eles. Adquira o hábito de verificar se há carrapatos em seu filhote após cada excursão ao ar livre e peça ao seu veterinário para fazer uma verificação em cada exame. A prevenção contra carrapatos para o seu cão está disponível em várias formas, incluindo sprays, shampoos, coleiras, pílulas orais e tratamentos tópicos. Os cães tendem a ter reações variadas a tratamentos químicos, então converse com seu veterinário sobre quais métodos são melhores para seu pet.

Os carrapatos são definitivamente algo para se levar a sério, mas não deixe que sua seriedade o alarme. Seguindo essas diretrizes de prevenção e mantendo um olhar atento para esses parasitas, você poderá conter o risco à saúde que eles representam para seu cão e sua família.

Contributor Bio

Jean Marie Bauhaus

Jean Marie Bauhaus

 

Jean Marie Bauhaus é uma mãe e blogueira de animais de estimação de Tulsa, Oklahoma, onde geralmente escreve sob a supervisão de bebês peludos.

 

Artigos Relacionados

  • Piodermite em cães: O que você precisa saber

    Seu cão está se coçando? A pele dele parece vermelha? Têm espinhas ou odor na pele? Pode ser uma condição conhecida como piodermite canina - uma condição comum da pele que atormenta cães de todas as raças, tamanhos e idades.
  • Maneiras Úteis para Manter a Pele e o Pelo do Seu Cão Saudáveis

    Uma parte importante de manter seu cão em boas condições é ter certeza de que ele tem uma pele saudável e uma pelagem saudável.
  • Lidando Com Sarna em Cachorros

    Aprenda sobre a doença de pele chamada sarna: o que é, como identificar os sintomas e tratamentos para os tipos de doença demodécica e sarcóptica.
  • Cães Podem Pegar um Resfriado ou Pegar Gripe?

    medicine, pet, animals, health care and people concept - happy veterinarian or holding dachshund dog É aquela época do ano em que as fungadas se transformam em espirros e uma coceirinha na garganta vira uma tosse persistente. Você fará de tudo para manter sua família saudável, incluindo seu cãozinho. Então, agora talvez você esteja se perguntando: “Cães podem pegar resfriado?” Se você está se sentindo mal, os pensamentos persistentes de “Cães podem pegar gripe de humanos como eu?” vai te estressar ainda mais.

Produtos relacionados