Por Que Devemos Evitar Alimentos que Sobram na Mesa para Cães

Publicado por
minutos lidos

Alguma vez, quando você está sentado à mesa fazendo sua refeição, seu cão implorou por um pedacinho? Quando o pedido começa é difícil resistir, não é mesmo? Mas, você sabia que essas pequenas porções de alimento podem ser prejudiciais à saúde de seu cão?

Os cães podem comer sobras de mesa?

Na verdade, a pergunta correta seria: as sobras de mesa são saudáveis para meu pet? Aqui estão algumas razões pelas quais dar comida para cachorro com os restos de seu prato é uma má ideia. 

Pode causar problemas digestivos

Dog sitting next to a woman in a black and white polka dot dress behind a casserole dish.

O sistema digestivo do cão é diferente do humano. Alimentos específicos para humanos são ricos em gordura, que pode causar aos pets vômitos, diarréia e outras condições mais graves, como a obesidade. Esses alimentos também contêm uma quantidade de sódio inadequada para os animais de companhia. 

Alguns alimentos são tóxicos para cães

Alimentos humanos podem conter ingredientes tóxicos para cães. Chocolate, passas, uvas, macadâmia, amêndoas, cebola e alho são perigosos para os animais. Se não souber exatamente os ingredientes presentes nas sobras para cachorro que trouxe para casa, você pode, acidentalmente, intoxicar seu animal dando apenas uma colher. Muitos alimentos processados contêm adoçantes artificiais, como o xilitol, que pode ser extremamente prejudicial para os pets.

Pode levar ao ganho de peso

Normalmente, cães que ganham sobras de mesa também fazem suas refeições diárias com ração. Enquanto você pode pensar que uma ou duas mordidas aqui e ali não farão com que seu cão engorde, você pode se surpreender com o pouco que é necessário para mudar a balança. Para um cão de aproximadamente 10 quilos, 30 gramas de queijo cheddar é o equivalente calórico de um hambúrguer e meio. Pequenas mordidas podem levar ao ganho de peso rapidamente, e está relacionado a uma série de problemas de saúde, como resistência insulínica e cardiopatias. Seu cão nunca deve consumir mais que 8 a 10% de sua ingestão calórica diária de guloseimas.

Incentiva comportamentos indesejáveis

Outro problema associado ao hábito do pet comer sobras de mesa é o comportamento inadequado. E, embora você possa achar fofo, seus convidados podem não se sentir à vontade com seu cão implorando por algum pedacinho de comida de seus pratos. Atente-se: seu cão pode entender que, uma vez em que é alimentado por você durante suas refeições, ele também pode ‘roubar’ uma mordida (ou mais) do que esteja em cima da mesa ou balcão da cozinha. Alguns pets podem até começar a recusar-se a comer a própria ração.

Dicas saudáveis para tratar seu cão

Husky peeks nose over picnic table to look at food sitting in the center.

A melhor maneira para lidar com essa situação é dar ao seu cão petiscos saudáveis e de alta qualidade, considerando suas necessidades calóricas diárias. Mas isso não significa que os alimentos que você come são totalmente proibidos para seu cão. Na verdade, muitos deles são bons, desde que sejam oferecidos com moderação. Aqui seguem algumas diretrizes para fornecer alimentos específicos humanos para seu pet:

  • Evite alimentos processados e pré-prontos: mesmo as refeições que você cozinha podem conter ingredientes prejudiciais à saúde de seu cão. Então, priorize petiscos de um único ingrediente como ovo sem sal, um pedaço de fruta ou vegetais.
  • Considere as calorias: antes de oferecer o petisco para seu animal, considere as calorias como fator de decisão. Consulte seu veterinário para a prescrição exata da quantidade de calorias diárias que seu animal deve ingerir para saber o impacto dos petiscos na sua saúde.
  • Eduque-se: aprenda quais alimentos são tóxicos para seu cão.
  • Não o alimente diretamente da comida de seu prato. Em vez disso, dê um pedaço de alimento saudável para seu cão da mesma maneira que faria com qualquer outro petisco - como recompensa por sua obediência. Evite dar um petisco quando eles estão implorando. Uma boa ideia é colocá-lo na sua tigela, assim ele irá entender que só comerá alimentos que estão em seu próprio recipiente.

A importância de escolher o melhor alimento

Os cães não são tão bons em regular a quantidade de alimento que devem comer e, por isso, podem ingerir muito mais calorias do que o necessário, o que pode comprometer sua saúde. Por isso, é importante que você supervisione suas refeições e calorias. Um alimento completo e balanceado, de acordo com sua fase de vida, porte e necessidades especiais, garante que ele esteja recebendo todos os nutrientes necessários para mantê-lo saudável. Apesar de, às vezes, ficarmos com pena quando estão pedindo ‘só um pedacinho’, oferecer o alimento apropriado nas quantidade corretas é mais que o suficiente para mantê-los felizes e com muita energia.

Então: cães podem comer sobras de mesa? Eles podem se alimentar - e desfrutar - de vários alimentos; mas só porque eles comem, não significa que seja bom para sua saúde. É necessário que você esteja informado para garantir que seu cão se mantenha saudável, restringindo alguns alimentos que podem ser maléficos para sua saúde. Embora dizer ‘não’ para nossos amigos de quatro patas seja difícil, lembre-se de que é para seu bem: um cão saudável é um cão feliz.

Contributor Bio

Jean Marie Bauhaus

Jean Marie Bauhaus

 

                  

 

Artigos Relacionados

Produtos Relacionados