Melancia faz mal para o cachorro?

Publicado por
min de leitura

É um alimento básico delicioso para um piquenique, com certeza, mas a melancia é segura para cães? Cachorro pode comer melancia? Se você gosta desta fruta suculenta, mas não chegou a compartilhá-la com seu cachorro, por medo de que não fosse bom para ele, seus instintos estavam parcialmente corretos. A melancia pode realmente ser saudável para cães - se for alimentada corretamente.

Cão pode comer melancia?

Jack russell terrier eating watermelon.

O fruto carnudo e rosado da melancia é carregado com nutrientes saudáveis que são tão benéficos para os humanos quanto para os nossos companheiros caninos.

A melancia é rica em potássio e vitamina C e também é uma ótima fonte de vitaminas A e B6, de acordo com Dogtime. Ela também contém fibras, que podem ajudar na digestão saudável. Esta fruta não contém colesterol e quase nenhum sódio ou gordura. Embora a melancia contenha açúcar, ela é composta principalmente de água (92%) e não deve causar picos prejudiciais à glicemia no sangue. Assim é uma maneira criativa de ajudar seu cão a se manter fresco e hidratado durante o verão.

É seguro dar melancia para cachorro?

A polpa da melancia é um alimento seguro e nutritivo para os cães, mas as outras partes da fruta não são boas para o seu amigo peludo comer. De acordo com o American Kennel Club, se os cães engolirem sementes de melancia, elas podem causar um bloqueio intestinal - o que não só é doloroso para o seu cão, mas pode se tornar sério o suficiente para exigir uma cirurgia para corrigir.

Embora seja improvável que uma ou duas sementes causem problemas de saúde em cães grandes, não são necessárias muitas delas para causar um bloqueio em cães pequenos.

Também não é aconselhável dar a seu cão a casca (a parte externa verde e dura da melancia), pois ingeri-la pode gerar desconforto gastrointestinal que causa vômito ou diarreia. Embora a fruta da melancia seja um lanche saudável em pequenas quantidades, comer muito dela também pode causar dor de estômago no seu cãozinho.

Como alimentar seu cachorro com melancia (e o que evitar)

Golden retriever puppy licks watermelon slice being held out on a fork.

Como você deve compartilhar essa fruta deliciosa com seu companheiro canino? Aqui estão algumas diretrizes a serem seguidas ao alimentar seu cão com melancia:

  • Dê ao seu cão apenas melancia sem sementes ou pedaços de melancia da qual você removeu todas as sementes.
  • Corte a fruta em pequenos pedaços, tomando cuidado para remover qualquer parte da casca.
  • Dê ao seu cachorro apenas melancia de verdade. Guloseimas ou doces de melancia com sabor artificial podem conter outros ingredientes, açúcares adicionados ou adoçantes artificiais que podem prejudicar seu cachorro.

Petiscos de qualquer tipo devem representar no máximo 10% da ingestão calórica diária do seu cão, de acordo com as recomendações do Preventive Vet. Seja qual for o tamanho do seu filho peludo, siga esta regra ao determinar a quantidade de melancia que você deve alimentar, tendo em mente que uma xícara de melancia em cubos contém 45,6 calorias. E saiba que, embora seu pet possa estar olhando para você com aqueles grandes olhos, os cães ficam perfeitamente contentes em comer a mesma ração dia após dia. Portanto, mesmo que você possa ficar tentado a desistir de vez em quando, é melhor para o seu cãozinho obter os nutrientes de sua ração diária. Antes de alimentar seu cão com qualquer alimento humano, certifique-se com seu veterinário para ter certeza de que está tudo bem. Quanto à melancia, por mais que ela seja saudável para muitos cães, também é melhor confirmar se ela não afetará negativamente o sistema digestivo único de seu filho canino.

Portanto, da próxima vez que for fazer um piquenique, você pode ficar tranquilo ao compartilhar alguns pedaços de melancia sem sementes com seu cachorro. Desde que seja administrada com segurança e moderação, a melancia é um delicioso agrado!

Kara Murphy

Jean Marie Bauhaus

Jean Marie Bauhaus é uma pet parent, pet influencer e romancista. Ela é de Tulsa, Oklahoma, onde geralmente escreve sob a supervisão de bebês peludos.

Related Articles