Trocando a Ração do Seu Novo Cão

Published by
minuto ler

Trocar a ração do seu cão não é algo que você deva apressar, especialmente quando levar para casa um novo cão. Vendo os cães comerem o conteúdo de uma lata de lixo derrubada, você pode ficar tentado a pensar que eles têm estômagos de ferro. A realidade, no entanto, é que os cães têm estômagos surpreendentemente sensíveis e mudanças abruptas em sua ração podem perturbá-los. Para ajudar a fazer uma transição da ração sem problemas para o seu novo companheiro, siga estes passos:

Comece Com o Que Ele Conhece

Peça ao abrigo para mandar um pouco de ração para você levar para casa. O ideal é que eles forneçam o suficiente para a primeira semana do seu cão. Se eles não puderem, descubra com qual ração estavam alimentando o seu cão antes de você adotá-lo e compre um pacote pequeno antes de levá-lo para casa.

Troque a Ração Gradualmente

Muitos abrigos para animais possuem restrições orçamentárias que os impedem de alimentar seus animais com rações premium, então você pode estar ansioso para mudar a ração imediatamente. E embora suas intenções sejam boas, você deve resistir ao desejo. Mudanças abruptas na dieta do seu cão podem resultar em distúrbios gastrointestinais que levam ao vômito e/ou diarreia - e a última coisa que você quer fazer é condicioná-lo a associar sua nova casa ao desconforto.

O quão gradualmente você deve trocar? A maioria dos especialistas recomenda levar entre cinco a sete dias, acrescentando um pouco mais da nova ração e reduzindo a antiga a cada dia. O PetMD recomenda a seguinte proporção de rações:

  • No primeiro dia, misture 20% da ração nova com 80% da antiga.
  • No segundo dia, misture 40% da ração nova com 60% da antiga.
  • No terceiro dia, misture 60% da ração nova com 40% da antiga.
  • No quarto dia, misture 80% da ração nova com 20% da antiga.
  • No quinto dia, alimente seu cão com 100% de sua nova ração.

Observe e Aprenda

Fique de olho na reação do seu cão à nova ração. Além de sinais de indisposição gástrica, você também deve ficar de olho nas fezes do seu cão. Se parecerem líquidas ou anormalmente moles, ou se o seu cão apresentar outros sinais de incômodo estomacal, diminua este processo e dê-lhe mais tempo para se ajustar.

Identifique Quando Ele Não Está Pronto

Seu cão pode parecer não tolerar a nova ração, não importa o quão devagar você vá, e tudo bem também. Lentamente, troque-o de volta para a ração antiga e comece de novo com outra coisa depois de dar um tempo para o estômago dele. Pode ser que a nova ração para cães contenha ingredientes aos quais seu cão tenha intolerância ou alergia. Se você continuar a ter problemas para trocar a ração do seu cão, ou se as fezes dele contiverem sangue ou forem de uma cor incomum, você deve consultar um veterinário.

Mantenha-o Hidratado

Dê bastante água ao seu cão, especialmente agora, pois ele precisará se manter hidratado durante a transição. Se ele parar de tomar, no entanto, ou parecer estar bebendo uma quantidade excessiva, isso pode ser um sinal de um problema de digestão mais complicado com a nova ração. Mais uma vez, consulte o seu veterinário para garantir que ele está recebendo esta troca de maneira saudável.

Como Trocar a Ração para Cães Rapidamente

Você pode estar em uma situação em que a ração anterior do seu novo cão é desconhecida para você e sua ração antiga é algo que você simplesmente não tem como obter. Neste caso, considere introduzir seu cão à sua nova ração lentamente, alimentando-o com pequenas refeições em intervalos de algumas horas, mantendo-se atento a sinais de problemas entre as refeições. Se necessário, escolha uma fórmula de fácil digestão para começar. Uma vez que ele esteja acostumado, troque gradualmente para sua marca ou fórmula preferida.

O potencial para dor (e desarranjo) de estômago deve ser motivo suficiente para ir devagar ao fazer a transição da ração para cães, mas acima de tudo, considerar as inúmeras mudanças com as quais seu novo cão já está lidando enquanto se instala em sua nova vida. Como as pessoas, os cães se confortam com o que lhes é familiar. Servir-lhe a ração que ele conhece durante seus primeiros dias com você o ajudará a se sentir mais em casa em suas novas descobertas - o que é tão bom para sua saúde emocional quanto para sua digestão.

Biografia da Colaboradora

Jean Marie Bauhaus Contributor Photo

Jean Marie Bauhaus

Jean Marie Bauhaus é autora de ficção e escritora e editora freelance que vive em Tulsa, Oklahoma. Ela escreve frequentemente sobre animais de estimação e saúde de animais de estimação em seu escritório em casa, onde ela é assistida por uma colônia de bebês peludos.

Artigos Relacionados