Como Cuidar de um Cão que está Perdendo a Visão

Publicado Por
minuto ler

Como as pessoas, os cães geralmente sofrem com a falta de visão à medida que envelhecem. Cuidar de um cachorro que está perdendo a visão (ou que já ficou cego) pode oferecer um conjunto de desafios para o resto da família. Mas a perda de visão certamente não significa uma má qualidade de vida, especialmente para tutores que estão dispostos a ajustar a forma como cuidam de seus cães debilitados.

Causas Comuns

Os cães podem ficar cegos por várias razões, desde doenças até a velhice. Algumas das razões mais comuns para cegueira em cães são catarata, glaucoma, atrofia progressiva de retina (APR) e degeneração de retina (também conhecida como SARDS - site em Inglês).

Certas raças e sexos também são mais suscetíveis à cegueira. Cadelas de meia idade, por exemplo, são especialmente propensas a SARDS, que causa cegueira súbita. Dachshunds, schnauzers miniatura e vira-latas também possuem risco acima da média de desenvolver esta doença, de acordo com pesquisa relatada pelo PetMD. Já a catarata é mais comum em poodles miniatura, cocker spaniels, schnauzers miniatura, golden retrievers, boston terriers e huskies siberianos.

Betacaroteno

Uma boa nutrição é vital para a saúde do seu cão e pode ajudar a manter a visão saudável em alguns casos, exceto em condições como a SARDS e doenças semelhantes, que levam à perda da visão e não possuem cura ou tratamento preventivo conhecido.

O betacaroteno pode ajudar na visão dos cães. De acordo com o Pet360, vários alimentos que são saudáveis ​​para humanos, como cenoura e melão cantaloupe, são conhecidos por fortalecer a visão dos cães e reduzir as chances de catarata. Procure alimentos para cães que listem betacaroteno em seus ingredientes - Hill's® Science Diet®, por exemplo.

Os cuidados veterinários necessários variam de acordo com o que está causando a cegueira do seu cão. Juntamente com o betacaroteno, seu veterinário poderá sugerir uma consulta com um oftalmologista veterinário. Caso seu veterinário não seja especialista em oftalmologia, peça uma indicação de um profissional qualificado e de confiança.

Como Cuidar de um Cachorro Cego?

Algumas organizações voluntárias são mais dedicadas em ajudar cães cegos e com deficiência visual, acolhendo-os em abrigos. Se você tem um cão cego ou perdendo a visão, pode pedir conselhos para essas ONGs. Aqui estão algumas dicas para você começar:

  • Coloque coleiras que façam barulho ou guizos nos outros animais da casa - e considere até usar um em você mesmo - para que seu cão cego saiba onde cada amigo está.
  • Ensine ao seu cão alguns comandos como "cuidar", conforme dica dada pela ONG americana Best Friends (site em Inglês), para alertar que ele está se aproximando de um obstáculo. Treine também "degrau", para ensiná-lo quando uma escada estiver à sua frente.
  • Abaixe-se na altura do seu cão e procure coisas e locais em sua casa que possam machucar de alguma forma. Cantos e quinas, por exemplo, podem feri-lo se ele se aproximar muito rapidamente.
  • Faça com ele os caminhos que normalmente fazia sozinho, como da cama até a comida, até a porta da casa e até seu lugar favorito para dormir, e mantenha essas passagens sem obstáculos para facilitar a locomoção. Ao levá-lo para passear, é necessário mantê-lo na coleira a fim de guiá-lo aos seus lugares favoritos para fazer suas necessidades. Com o tempo, os sentidos dele se aguçarão e o ajudarão a fazer esses percursos que são mais frequentes por conta própria.
  • Ajude-o a permanecer ativo. Só porque seu cão é deficiente visual, não significa que ele não possa se entreter e brincar. Assim como um cão guia faria para uma pessoa com deficiência visual, você pode ajudar a guiar seu cão com a coleira. Certifique-se de manter a guia curta para que você possa direcioná-lo melhor para onde ir. Também é bom deixar o cão ir cheirando o caminho, para assimilar o ambiente ao redor. É um gesto pequeno, mas ele certamente irá gostar. Você também pode ajudá-lo a se divertir encontrando uma área aberta e segura, como um quintal, para que ele possa correr e brincar com brinquedos que fazem algum barulho. Por meio do olfato e da audição ele poderá encontrar o objeto, e quando você o chamar para trazê-lo de volta, ele usará os mesmos sentidos para voltar até você.

Não há dúvida de que o cuidado com cães deficientes visuais exigirá algum esforço especial. Mas com amor e tempo, vocês dois podem se ajustar à essa condição naturalmente. Só porque seu cão não pode ver como antes, não significa que sua qualidade de vida tenha que diminuir. Continue mostrando a ele o mesmo amor e carinho que você sempre teve. E ele retribuirá, como sempre fez.

Contributor Bio

Kara Murphy Contributor Photo

Kara Murphy

Kara Murphy é uma escritora freelancer que vive em Erie, Pensilvânia, com seu gato Olive.

Artigos Relacionados

Produtos Relacionados