Gato com estômago irritado ou sensível: tratamentos e escolhas alimentares.

Published by
minuto ler

Assim como em seres humanos, os problemas de estômago em gatos podem ocorrer ocasionalmente. Se o seu bichinho apresenta alguns dos sintomas listados abaixo, especialmente depois de se alimentar, ele provavelmente é um gato com estômago sensível.

 

Para gatos saudáveis o desconforto gástrico persistente ou severo pode indicar uma condição patológica séria. Nesse caso, um veterinário deve ser consultado para avaliar a saúde do seu bichano.

O que você pode fazer?

Se você suspeita que o seu gato está com o estômago sensível, preste atenção nas seguintes dicas, que podem ser importantes para te ajudar a manter o trato gastrointestinal do seu bichinho funcionando normalmente, de forma saudável.

  • Fique sempre atento. Faça o possível para evitar que o seu gato tenha contato com alimentos estragados ou de qualidade questionável. Animais que frequentam a rua de forma indevida ou ficam em áreas outdoor da casa podem ter maior exposição à “alimentos” inapropriados, além de terem maior risco de adquirirem parasitas internos.
  • Cheque por formações de bolas de pelos. Se você suspeitar que as bolas de pelos estão causando as dores de estômago do seu gato, leia este artigo. Os especialistas da Hill’s Pet Nutrition têm uma indicação perfeita para te ajudar a minimizar esse problema comum dos felinos.
  • Evite oferecer leite ao seu gato ou outros derivados lácteos. Os gatinhos podem gostar do sabor do leite, mas sabemos que eles apresentam dificuldade na digestão e absorção de derivados do leite, por falta de enzimas adequadas para o processo de digestão.
  • Reduza a quantidade de alimento fornecida numa única refeição. Gatos que comem muito rápido podem ingerir grandes quantidades de ar, juntamente com o alimento. Divida as grandes refeições em pequenas porções, que devem ser oferecidas para o bichinho ao longo do dia.
  • Forneça a quantidade ideal de alimento. Comer muito além da conta pode induzir mais problemas com relação ao processo de digestão, ocasionando dores de estômago. Ofereça sempre a quantidade de ração recomendada pelo fabricante ou o que foi indicado pelo médico veterinário.
  • Seja consistente. Qualquer mudança na ração do seu gato pode irritar o seu trato gastrointestinal. Se você quiser fazer uma troca de alimento, faça de forma lenta - gradualmente vá misturando porções da nova dieta com a ração antiga, para causar menos transtornos para o seu bichinho durante a transição.
  • Alimente o seu gato com uma dieta nutritiva e de alta qualidade. Os gatos não conseguem digerir de maneira adequada rações formuladas com ingredientes de baixa qualidade.

 

Artigos Relacionados

Produtos Relacionados