Alergias Alimentares, Intolerância e Estômago Sensível do seu Gato

Published by
min read

Uma das queixas mais comuns que os veterinários ouvem dos tutores de gatos, é que eles têm o estômago sensível e vomitam frequentemente - talvez uma vez por semana, talvez duas vezes por semana, mas sempre no carpete (ou em outro lugar difícil de lavar). Embora os distúrbios digestivos em alguns gatos possam ocorrer regularmente, isso nunca é normal, mesmo que haja material vegetal ou uma bola de pelo no vômito.

Existem vários motivos pelos quais o seu gato pode ter um estômago sensível. É importante que seu veterinário sempre o avalie para ajudar a identificar a causa e desenvolver um plano individualizado para lidar com o problema. Hoje, vamos falar apenas sobre duas razões possíveis para os gatos terem estômago sensível - intolerância alimentar e alergias alimentares. Embora esses dois problemas pareçam semelhantes, eles não são a mesma coisa

gray cat yawning ondoorstep

Intolerância alimentar

Intolerância alimentar é um termo que se refere à resposta anormal a um alimento que não é causada pelo sistema imunológico e pode ocorrer em cães e gatos de todas as idades. As causas de distúrbios digestivos devido à intolerância alimentar podem incluir intoxicação alimentar, histamina em peixes estragados, intolerância à lactose e comer comida do lixo. Discutir as possíveis causas com o seu veterinário é um bom primeiro passo.

Alguns gatos com intolerância alimentar podem precisar de mudança na alimentação. Uma opção que seu veterinário pode recomendar para seu gatinho é mudar para um alimento de mais fácil digestão.

Alimentos de fácil digestão

A digestibilidade se refere à facilidade com que um gato ou cachorro pode absorver nutrientes a partir do que comem. Os fatores que mais influenciam a digestibilidade dos ingredientes são a qualidade e os métodos de processamento usados ​​na preparação do alimento. Alimentos para gatos com estômago sensível são geralmente feitos com ingredientes altamente digeríveis, mas também incluem uma pequena quantidade de fibra para ajudar a manter a microbiota intestinal saudável do animal. Eles também são completos e balanceados para garantir que seu gato receba todos os nutrientes essenciais, como vitaminas e minerais, de que precisam para se manterem saudáveis.

Alergias Alimentares

Uma alergia alimentar é o resultado da reação imunológica anormal a um alimento ingerido. Felizmente, as alergias alimentares são incomuns em gatos. Eles podem desenvolvê-las em qualquer idade, mas o animal deve ser exposto repetidamente ao alérgeno agressor (por exemplo, comendo-o todos os dias) para apresentar sinais do problema. Esses sinais podem incluir vômitos, diarreia, flatulência, perda de apetite, coceira na pele, perda de pelo ou pele avermelhada. Se o seu animal apresentar algum desses sinais, é hora de visitar o veterinário.

As verdadeiras alergias alimentares são raras em gatos. Mas, acredite ou não, carne e laticínios são as causas mais comuns. Se você já suspeitou que seu gatinho pode estar reagindo a um ingrediente, você não está sozinho: a Veterinary Practice News escreveu que a maioria das "alergias alimentares" são diagnosticadas erroneamente por tutores preocupados durante uma simples dor de estômago.

O que fazer com relação à alergia alimentar em gato

Se você ou seu veterinário suspeitarem dessa condição, um alimento coadjuvante para gatos pode fazer parte do plano recomendado por seu veterinário.

Se você está pensando em ir até a loja de animais e comprar ração nova em vez de ir ao veterinário, espere um minuto. Este é um erro comum dos tutores ao lidar com o estômago sensível de um gato. Trocar os alimentos apenas confundirá o problema e tornará mais difícil para o veterinário descobrir a maneira certa de tratar os problemas alimentares do seu gatinho.

A única maneira de diagnosticar com precisão a alergia alimentar é por meio de um teste rigoroso de dieta. Os ensaios alimentares devem ser conduzidos com alimentos coadjuvantes especificamente formulados para este fim. Discutiremos o que torna esses alimentos coadjuvantes tão especiais em apenas um minuto. Alimentos de manutenção com ingredientes limitados encontrados na loja de pets não devem ser usados. Testes adequados de alimentos levarão cerca de 10-12 semanas e seu gato deve comer o novo alimento e nada mais - sem guloseimas, sem ovos mexidos e sem pasta de dente para eles, a menos que seja aprovado pelo seu veterinário. Se o seu gato tem uma verdadeira alergia alimentar, qualquer problema estomacal sensível pode ser minimizado em 2 a 4 semanas. Sintomas como coceira na pele levam mais tempo para desaparecer. Se você seguiu à risca o teste alimentar, mas seu gato ainda está tendo problemas, então é improvável que o problema seja alergia alimentar e seu veterinário pode recomendar testes adicionais para avaliar outras causas.

Striped cat licking underside of paw

Alimentos “hipoalergênicos” novos e com proteínas hidrolisadas: o que são?

Embora não existam definições oficiais para alimentos hipoalergênicos para animais de estimação, você pode ver os produtos rotulados como "hipoalergênicos" e as pessoas podem usar esse termo para descrever uma variedade de tipos de alimentos e combinações de ingredientes. Como 'hipoalergênico' não é um termo legalmente definido para alimentos de animais de estimação, os produtos podem não ser adequados e eficazes para um gato com alergia alimentar.

Existem 2 tipos de alimentos coadjuvantes que seu veterinário pode recomendar se houver suspeita de alergia alimentar. O primeiro tipo usa proteínas hidrolisadas, o que significa que a proteína foi quebrada em pedaços tão pequenos que o sistema imunológico do seu gato não reconhece o alérgeno. O segundo tipo é um alimento com uma proteína inédita, como pato ou veado. Essas fontes de proteína são provavelmente novas para o seu gato e, portanto, o sistema imunológico não as reconhece como um problema.

Biografia do Contribuinte

Dr. Sarah Wooten

Dr. Sarah Wooten

A Dra. Sarah Wooten se formou na Escola de Medicina Veterinária da UC Davis em 2002. Membro da Sociedade Americana de Jornalistas Veterinários, a Dra. Wooten divide seu tempo profissional entre a prática com pequenos animais em Greeley, Colorado, palestras sobre questões associadas, liderança e comunicação com o cliente e escrita. Ela gosta de acampar com a família, esquiar, mergulhar e participar de triatlos.

Related Articles