Lidando com Tênias em Gatos

Publicado por Kara Murphy
Tempo de leitura

Não há como negar: vermes em gatos são nojentos. Infelizmente, eles não são incomuns em animais domésticos, incluindo nossos felinos. Mas o que são tênias? São contagiosas? E, a pergunta mais importante, o que fazer para se livrar delas?

O que são tênias?

As tênias do gato são vermes longos, achatados e brancos. Elas têm bocas semelhantes a ganchos que se fixam na parede do intestino delgado do seu gato. Elas se alimentam de nutrientes que passam pelo seu intestino. Elas podem crescer e chegar a até 50 centímetros, embora a maioria tenha cerca de 20 centímetros quando estão totalmente crescidas. Conforme a tênia amadurece, ela começa a se desprender em segmentos - os cientistas chamam os segmentos de proglotes. As proglotes, aproximadamente do tamanho de um grão de arroz, se separam do corpo principal da tênia e saem nas fezes do gato.

Os gatos podem contrair vermes de várias maneiras. A forma mais comum é por meio de pulgas. Pequenas larvas de pulgas podem ser infectadas com vermes. Se o seu gato ingere uma pulga infectada enquanto se limpa, essa pulga pode transmitir uma minúscula tênia para ele e irá se transformar em um verme adulto de tamanho normal. Os gatos também podem pegar tênias comendo pequenos animais como roedores.

Como as Tênias Podem Afetar Meu Gato?

As tênias em gatos são nojentas, mas os veterinários as consideram um parasita menor. Isso porque é improvável que causem qualquer dano duradouro ao seu pet, de acordo com o Drake Center for Veterinary Care (site em Inglês) . Dito isso, se o seu gato estiver muito infestado, ele pode perder peso devido aos vermes que se aproveitam dos nutrientes de sua alimentação. Além disso, uma tênia às vezes se desprende do intestino delgado e chega ao estômago do gato. Quando isso acontece, seu gato pode vomitar um verme ainda vivo, o que pode ser algo bastante estranho, se você não souber que seu gato foi infestado.

Como Posso Saber se Meu Gato Tem Tênias?

Vomitar pedaços do verme que ainda está vivo é um bom indicador, é claro. Outros sinais de que seu gato pode estar sofrendo de infestação por tênias incluem perda de peso inexplicável, embora o sinal mais comum de que seu gato esteja infestado por tênias sejam os proglotes. É provável que você veja segmentos de tênia do tamanho de um arroz e recheados de ovo nas fezes do seu gato ou rastejando perto do ânus. Você pode ver seu gato "correndo" pela casa se o segmento estiver irritando a pele, mas esse comportamento é muito mais comum em cães.

Veterinarian checking on a cat in a cat carrier.

Qual é o Tratamento Para Tênias em Gatos?

Felizmente, o tratamento para vermes de gatos é muito fácil e eficaz. Se o seu felino estiver infestado, o veterinário lhe dará um remédio para tênia em gatos chamado vermífugo. Normalmente, os vermífugos são medicamentos orais, embora também possam ser administrados por meio de uma injeção.

O vermífugo  faz com que a tênia se dissolva no intestino. Como o verme foi digerido, você não deve esperar ver evidências dele na caixa de areia e nem nas fezes (mas em alguns casos podem aparecer). O vermífugo não deve causar ao seu gato quaisquer efeitos colaterais adversos, como vômitos ou diarreia.

Você pode reduzir bastante o risco do seu gato de contrair vermes usando tratamentos de controle de pulgas regularmente e mantendo-o dentro de casa. As tênias não são contagiosas, como um resfriado, mas são transmissíveis - por meio de pulgas - de animal para animal e, em casos raros, para humanos. Assim como seu gato, se seu cão comer uma pulga infectada ao se lamber, ele pode pegar tênias. Se você ou seu filho ingerem acidentalmente uma pulga, existe o risco da infestação.

Existe mais de um tipo de Tênia?

Existem dois tipos de tênia. O mais comum, e discutido ao longo deste artigo, é conhecido cientificamente como dipilidium caninum, explica o Centros para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) - site em Inglês.

O outro tipo - que é muito mais perigoso e muito mais raro - é chamado de Echinococcus. De acordo com o CDC , a equinococose é causada pela infecção com o estágio larval de uma tênia chamada verme hidático, ou Echinococcus granulosus, que é encontrada em cães, ovelhas, gado, cabras e porcos.

"Embora a maioria das infecções em humanos seja assintomática, a equinococose causa cistos prejudiciais que aumentam lentamente no fígado, pulmões e outros órgãos, e frequentemente crescem despercebidos e negligenciados por anos", relata o CDC.

Outro tipo de tênia em animais é denominada Echinococcus multilocularis e pode causar uma doença chamada equinococose alveolar (ou EA), no entanto ela não é observada no Brasil. Esta tênia é encontrada em raposas, coiotes, cães, gatos e pequenos roedores. Os casos humanos são raros, mas muito graves, causando tumores parasitas que podem se formar no fígado, pulmões, cérebro e outros órgãos. A EA pode ser fatal se não for tratada, de acordo com o CDC. Mas isso, felizmente, é raro. Na verdade, um estudo publicado pela PLoS Neglected Tropical Diseases (site em inglês) encontrou apenas quarenta e uma mortes relacionadas à equinococose nos Estados Unidos entre 1990 e 2007.

Outros Vermes em Gatos

As tênias são um dos tipos comuns de vermes encontrados em gatos. Mas há outros que infestam gatos, de acordo com a International Cat Care , incluindo:

  • Lombrigas: são os vermes mais comuns encontrados em gatos. Os gatinhos podem contrair lombrigas do leite materno infectado. Gatos adultos podem pegá-las comendo um roedor infectado.
  • Ancilóstomos: embora sejam mais comuns em cães, os gatos também podem contrair ancilóstomos. Eles são pequenos e, como as tênias, vivem no intestino delgado do animal. Os ancilóstomos se alimentam do sangue do animal, o que pode causar anemia em casos graves. Os animais podem ser infectados por vermes por ingestão ou contato com a pele.
  • Vermes não intestinais: vermes pulmonares e vermes oculares são dois outros tipos que vivem em partes do corpo fora do trato gastrointestinal.

Pensar em vermes que vivem dentro de um animal pode deixar os tutores de pets enjoados. Felizmente, mesmo sendo nojentas, as tênias são relativamente fáceis de se livrar e, comumente, não causam danos permanentes à saúde do seu gato. A melhor coisa que você pode fazer pelo seu felino é ficar sempre de olho nele. Quando mudanças repentinas de comportamento acontecem, pode ser a sua maneira de dizer que não está mais saudável. É também por isso que os exames veterinários anuais são tão importantes. Consulte sempre um veterinário.

Contributor Bio

Kara Murphy Contributor Bio Image

Kara Murphy

Kara Murphy é escritora freelancer em Erie, Pensilvânia. Ela tem um cachorrinho goldendoodle chamado Maddie.

Related Articles

Produtos Relacionados