Informações Importantes sobre DTUI e Infecções do Trato Urinário em Gatos

Published by
minuto ler

Sentimentos de medo e ansiedade podem afetar nossos gatos da mesma forma que nos afetam. O estresse pode ocorrer no seu gato por diversos motivos. Talvez, você acabou de se mudar ou trouxe um novo animal de estimação ou há um novo membro na família vivendo em sua casa. Seja qual for o caso, se tiver um gato estressado, poderá haver um problema subjacente. Um dos primeiros modos de detectar esse problema é quando o seu gato para de usar a caixa de areia. Ele pode estar urinando em um novo local, borrifando na parede ou tendo dificuldades ao urinar.

Small kitten sitting in a litter box.

Infelizmente, micção inadequada é um dos principais motivos dos gatos serem colocados em abrigos ou na rua. Se o seu gato começa a marcar território longe da caixa de areia, não é por vingança ou pirraça; é porque algo provavelmente está errado. Embora possa ser um problema comportamental ou ele não gosta da caixa de areia por alguma razão, deve-se primeiramente excluir uma condição médica. Uma das causas médicas mais frequentes de problema urinário é a doença do trato urinário inferior.

O que é DTUI?

A doença do trato urinário inferior felina, ou DTUI, é um termo utilizado para descrever um grupo de distúrbios ou doenças que afeta o trato urinário inferior do gato (bexiga ou uretra). A DTUI é diagnosticada após causas como infecção do trato urinário (ITU) ou pedras nos rins forem excluídas. As causas incluem cristais ou pedras na bexiga, infecções da bexiga, obstrução uretral, inflamação da bexiga (às vezes também chamada de cistite idiopática ou intersticial) e outras anomalias no trato urinário. A DTUI é um dos motivos mais comuns dos gatos serem levados ao veterinário.

Sinais de Alerta de Infecções do Trato Urinário em Felinos

  • Esforço ao urinar: A cistite idiopática felina pode levar a esforço excessivo ao urinar, podendo eventualmente levar a situações mais graves como a formação de pedras na bexiga ou plug uretral. Os machos correm maior risco de desenvolver um plug uretral; uma condição de risco de morte que faz o gato perder a capacidade de urinar.
  • Tentativas frequentes de urinar: Gatos com DTUI têm necessidade frequente de urinar, mas conseguem urinar uma pequena quantidade a cada tentativa.
  • Micção dolorosa: Se o seu gato grita ao urinar, é um prenúncio de que seu gato talvez esteja com dor.
  • Sangue na urina
  • Lambe regiões genitálias ou abdominais: Esta é uma maneira para os gatos aliviarem a dor da doença do trato urinário.
  • Irritabilidade
  • Urinar fora da caixa de areia: Fique atento caso seu gato esteja urinando em lugares que não sejam a caixa de areia, principalmente se for em superfícies frias, como pisos ou banheira.

O Que Fazer Se Você Suspeita Ser DTUI?

Se o seu gato está tendo dificuldades em urinar e demonstra outros sinais de DTUI, leve-o para o veterinário assim que possível. O seu veterinário fará exames físicos e coletará amostras de urina. Bateria de exames de sangue, radiografias e ultrassonografia abdominal poderão também ser recomendadas para diagnóstico.

A maioria dos casos de DTUI melhora sem tratamento médico, mas os sintomas poderão recorrer. Apesar de talvez não trazer risco de morte para o seu gato, eles podem ser desconfortáveis, por isso, o tratamento poderá melhorar a qualidade de vida geral deles. Embora o tratamento de DTUI dependa da causa subjacente, é sempre benéfico aumentar a ingestão de água do seu gato. Manter um peso saudável, alimentar com ração enlatada e estimulá-lo a usar a caixa de areia também pode ajudar. Entretanto, certas condições simplesmente não podem ser tratadas em casa. A cistite bacteriana deve ser tratada com antibióticos, já as pedras devem ser extraídas através de cirurgia.

Prevenção sempre é o melhor caminho. Um simples telefonema para o seu veterinário ao primeiro sinal de algum dos sintomas acima poderá ajudar a diagnosticar um problema com maior antecedência e livrará o seu gato de um tempo prolongado de desconforto Também é importante monitorar o seu gato após ser diagnosticado com DTUI durante o tratamento para assegurar que o problema não recorra, já que os gatos são bons em esconder dor.

Prevenindo Futuras ITUs em Seu Gato

Após consulta veterinária do seu animalzinho, você pode fazer outras mudanças na vida do seu gato para diminuir a probabilidade da DTUI voltar. Recorrência ambiental mostrou reduzir a taxa de recorrência em 80 por cento, podendo também ajudar o seu gato a usar a caixa de areia. Isso inclui passar mais tempo com o seu gato, dar acesso à janela e dar mais brinquedos. Você pode também aumentar o número de caixas de areia dentro da sua casa e sempre verificar se estão completamente limpas.

Artigos Relacionados

Produtos Relacionados