Informações Sobre a Raça e Características da Personalidade do Boxer

Um animal de estimação inteligente e leal, o boxer tem grande necessidade de companhia e exercício. Eles não são felizes quando deixados sozinhos em casa regularmente.

Boxer Num piscar de olhos
The Boxer Dog Breed

Boxers são intolerantes a tempo quente, e é preciso ter cuidado para evitar que eles se aqueçam demais.

Tamanho:

Faixa de Peso:

Macho: 29,48-36,29 kg 

Fêmea: 22,98-29,48 kg

Altura na Cernelha:

Macho: 60,96 cm

Fêmea: 55,88 cm

Características:

Braquicefálico (cara achatada), olhos caídos, orelhas caídas (naturalmente)

Expectativas:

Necessidade de Exercícios: >40 minutos/dia

Nível de Energia: Altamente enérgico

Faixa de Longevidade: 8-10 anos

Tendência a Babar: Alta Tendência a Roncar: Moderada

Tendência a Latir: Baixa

Tendência a Cavar: Baixa Necessidade Social/de Atenção: Alta

Criado Para:

Combater touro, guardião

Pelagem:

Comprimento: Curto

Características: Liso

Cores: Fulvo, rajado, com ou sem mancha branca e máscara preta

Cuidados com a Higiene: Baixo

Reconhecimento do Clube:

Classificação do AKC: Cães de Trabalho

Classificação do AKC: Cão de Guarda 

Prevalência: Comum

Boxers são robustos, musculosos e poderosos.

Os machos crescem até cerca de 63,5 centímetros e pesam de aproximadamente 30 a 36 quilogramas; as fêmeas crescem de 21 a 63,5 centímetros e pesam de aproximadamente 22 a 30 quilogramas.

Boxers têm cabeça régia, de formato distintivamente quadrado. A mandíbula é em prognatismo inferior e o focinho em ângulo obtuso. Possuem peito largo e profundo e dorso relativamente curto e forte. As orelhas do boxer se dobram naturalmente, mas tradicionalmente, suas orelhas são cortadas para ficarem em pé (aqui no Brasil o corte de orelhas é proibido). A cauda costuma ser cortadas e inserida alta. As patas são compactas e os dedos arqueados.

A pelagem do boxer é curta e solta pelos moderadamente. Alguns boxers são de cor fulvo rico e outros são rajados. A face ou máscara costumam ser pretas, mas muitos têm machas na face e branco no peito e patas.

Personalidade:

Boxers são cães inteligentes, altamente enérgicos, brincalhões que gostam de se manter ocupados. Seu temperamento reflete a criação. Eles preferem estar na companhia de seus donos e são animais de estimação leais que vão guardar ferozmente sua família e casa contra estranhos.

Eles se dão bem com outros animais se forem criados com eles. Entretanto, boxers também têm a reputação de atacar cães e gatos da vizinhança se deixados por conta própria.

Poucos boxers latem excessivamente. Se um boxer latir, as changes são de que há um bom motivo. Muitos boxers são vocais, contudo, e fazem um barulho de rosnado que é só a maneira do cão conversar.

Morando Com:

O boxer tem grande necessidade de companhia e exercício. Se essas necessidades não são atendidas, boxers podem ser destrutivos se deixados sozinhos em casa. Boxers são ideais para pessoas que querem uma companhia canina com eles a maior parte do tempo ou para famílias grandes e ocupadas que estão sempre ocupadas com alguém dentro de casa. Ficam bem em casa de campo ou apartamento na cidade desde que tenham oportunidade de brincar e liberar energia. Se você mora em uma área urbana, caminhadas regulares são necessárias.

Boxers são intolerantes a tempo quente, e é preciso ter cuidado para evitar que eles se aqueçam demais. Também precisam de proteção contra o frio pois a pelagem é curta. Sua pelagem, contudo, é bem fácil de cuidar e será brilhante desde que tenham uma boa dieta, tomem banho ocasionalmente, e recebam massagem com uma luva pra cães ou escovação com uma escova de borracha.

Alguns boxers babam demais, e alguns bufam e roncam. Como outros cães maiores, boxers não vivem particularmente muito. Sua expectativa de vida varia de sete a 10 anos.

História:

Boxers são descendentes das raças extintas de bullenbaiser cruzadas com mastim, bulldog e possivelmente Dogue Alemão e até mesmo terrier. Foram desenvolvidos na Alemanha no século XIX, inicialmente como cães de combate a touros e depois como ajudantes de açougueiro, controlando o gado nos abatedouros. Alguns historiadores da raça dizem que os boxers receberam seu nome da palavra Alemã boxl, sua designação para matadouro. Outros apreciadores defendem que o nome boxer vem da maneira característica como eles usam as patas para brincar, como um boxeador humano fazendo sparrin. Boxers não foram importados para os Estados Unidos até depois da Primeira Guerra Mundial. Após 1940 a raça se tornou uma das mais populares da América.

Boxers são considerados cães de trabalho. Foram uma das primeiras raças empregadas como cão policial, e foram usados como cão-guia para cegos. Mas eles também são capazes de ser cães de companhia e guarda, talvez melhor conhecidos como animais de estimação leais da família que gostam especialmente de crianças.

Artigos Relacionados