Seis Maneiras para Socializar Seu Novo Gato

Published by
minuto ler

Socializar um gato em uma nova família precisa de tanta paciência quanto o tanto de amor que você tem por ele. Até mesmo um gato adulto adotado de um abrigo animal pode ficar assustado, tímido ou inseguro em relação aos seus novos amigos de casa, não importando o quão acolhedores eles sejam de coração. Aqui segue como dar ao seu novo companheiro um pouco de tempo e espaço para se familiarizar com seu novo lar e com as pessoas que lá moram.

1. Deixe Ele “Mapear”

O seu trabalho durante a socialização do gato é ver as coisas do ponto de vista dele. Ele está assustado, em um ambiente estranho habitado por "gigantes" (você e sua família) que querem sempre abraçar e pegá-lo no colo. Isto pode ser sufocante, principalmente para gatos tímidos. Com isto em mente, instrua a sua família para manter uma distância segura enquanto ele anda pela casa. Ele precisa de tempo para cheirar, investigar e finalmente identificar lugares seguros em que gostaria de dar uma pequena escapada. Isso permite ele criar seu próprio "mapa" interno da casa ao aprender que quarto pertence a quem.

2. O Gigante Gentil

No começo, todos devem ficar em silêncio, fazendo suas coisas normalmente. Se o seu gato vier até você abaixe sua mão vagarosamente para que ele possa cheirar. Movendo-se vagarosamente, comece acariciando o seu novo gato pelas costas. Se ele permitir, fazer carinho em sua bochecha é uma boa maneira de cumprimentá-lo enquanto ele esfrega o seu cheiro em você, marcando assim você como propriedade dele. Observe a cauda dele por sinais de aflição ou carinho. As  caudas dos gatos podem lhe dizer como se sentem.

3. Lá Vem Ele Esfregar

Se o seu gato está escondido por um longo período, ou não tem visto certas pessoas por um bom tempo, ele pode ficar com medo como se elas fossem pessoas novas de novo. Certifique-se que sua família e amigos deixem ele cheirar à vontade — a comportamentalista em gato Marilyn Krieger sugere estender o dedo indicador para começar. Pode levar alguns minutos pare ele conectar (ou reconectar) aquele cheiro com um aliado especial. De qualquer forma, ele deixará você saber quando a conexão for feita se esfregando em você, ronronando, ou dando aquele "chiado" de seja bem-vindo novamente que alguns gatos emitem ao dizer oi para alguém que não tem visto por bastante tempo.

4. Ofereça um Lugar Seguro

A socialização do gato também deve incluir um lugar seguro para ele ir quando estiver assustado — e não somente quando ele é novo em casa. Você deve deixar sua caixa ou caixa de transporte no cômodo no início para que ele tenha um local para se recolher quando estiver assustado. Coloque uma toalha ou algo macio no interior para que ele possa se acomodar. Uma caixa de papelão com uma porta cortada permitindo fácil entrada e saída é também um refúgio simples que ajuda o gato em fase de socialização ganhar confiança em você com o tempo.

5. Recompense Comportamento Social, Ignore o Resto

Quando o seu gato vier para investigar você e sua família, cumprimente-o com um elogio, recompensas, e carinhos leves. Caso ele se esconda, apenas o ignore ao invés de persegui-lo. É importante recompensar comportamentos desejáveis e simplesmente ignorar respostas indesejáveis durante o processo de socialização do gato em andamento. Quanto mais receptivo você for ao carinho do gato quando ele estiver pronto para dá-lo, menos tímido ele será.

6. Ganhe Confiança através de Rotina

A socialização do gato é mais fácil quando ele pode confiar na natureza casual dos outros desde o começo. Isto permite ele ter segurança em saber o que esperar das visitas e outros moradores da casa. Crie uma rotina de acariciar e alimentar ao recepcionar parentes, com os quais ele venha ter contato regularmente. Isto pode fazer os estranhos mais acessíveis e mais fáceis para ele lembrar. Alimentá-lo em intervalos regulares fará com que ele confie em você também, o que por sua vez fará com que ele se sinta menos vulnerável. A comida, como você pode imaginar, é um grande motivador ao criar uma relação saudável.

Passe o maior tempo possível com o seu gato sem interagir com ele diretamente. Não o pressione para brincar ou vir até você. Assista televisão no mesmo ambiente ou leia um livro. Desde que vocês fiquem em lugares em comum, eles por fim terá confiança o suficiente para vir e se juntar a você.

Pode parecer cliché, mas vá devagar. Os gatos são como as pessoas em pelo menos uma coisa: eles podem ser divertidos, tímidos, agressivos e passivos. Dependendo da personalidade única do seu gato, ele poderá se abrir à sua família de forma rápida ou pode levar alguns dias. Deixe ele ditar o ritmo e nunca o force a aceitar carinho que ele não quer dar. Caso tenha outros animais na casa, leia nosso artigo sobre apresentar.

Biografia do Contribuidor

Jeanne Grunert

Jeanne Grunert é uma escritora freelance, blogueira e autora de livro. Ela é guardiã de seis gatos e um cão adotados e escreve extensivamente sobre cuidado animal, jardinagem e outros tópicos relacionados a estilo de vida. Saiba mais sobre Jeanne e suas obras no site da autora.

Artigos Relacionados

Produtos Relacionados