Ração livre de grãos: O Que Você Precisa Saber

Published by
min read

Os donos de animais de estimação, mais do que nunca, se interessam em ler rótulos e em procurar alimentos que sejam “livres de” algo - é só pensar em livre de glúten, livre de gordura e livre de açúcar, por exemplo. Agora, que a sofisticação dos donos cresceu de tal forma a incluir escolhas alimentares que fazem para os seus amados membros de quatro patas da família. Afinal, você quer que o seu amigo peludo favorito se delicie com alimentos que o manterão feliz e saudável por muitos e muitos anos!

O interesse sobre o que vai dentro de rações levou a um crescimento no número de opções de rações livres de grãos nos últimos anos. Mas alimentos livres de grãos para gatos são a opção certa para o seu gatinho favorito? Muitos donos que escolhem alimentos livres de grãos para gatos acreditam que os grãos possuem pouco ou nenhum valor nutricional e que na verdade estão gerando alergias alimentares nos gatos. Mas essas noções preconcebidas são verdadeiras? Aqui seguem as repostas para algumas das suas perguntas mais comuns sobre ração livre de grãos e se você deveria considerá-la como opção para o seu animalzinho.

O Que São Rações Livres de Grãos?

Rações livres de grãos são exatamente o que seu nome descreve - uma ração feita sem grãos. Grãos comuns encontrados em rações para gatos incluem farinha, farelo de glúten de milho e arroz.

Woman playing with cat

A maioria dos gatos não precisa de alimentos livres de grãos. No entanto, alguns gatos realmente precisam, como gatos com alergia a grãos diagnosticada por veterinário. Porém, é incomum ver gatos diagnosticados com alergia a grãos. Em um estudo publicado na Veterinary Dermatology, foi descoberto que o milho é provavelmente um dos menores causadores de alergia alimentar em gatos. Dos 56 gatos no estudo com alergias alimentares, o milho foi responsável por quatro casos de problemas de alergia. Já quarenta e cinco gatos sofriam de alergias associadas à ingestão de bife, laticínios e/ou peixe. Então como saber se o seu gato tem alergia alimentar? A PetMD identifica possíveis sintomas para alergia alimentar como:

  • Coceira
  • Higienização excessiva
  • Perda excessiva de pelo
  • Regiões de calvície
  • Pele inflamada
  • Feridas e cascas
  • “Pontos quentes”

Para saber que alergias o seu gato tem, basta pedir ao seu veterinário para realizar um estudo de dieta de eliminação, a regra de ouro para diagnosticar uma alergia alimentar. Isso poderá ajudar a determinar qual é a causa do desconforto do seu gato. Se houver alguma dúvida, o seu veterinário deverá ser a sua fonte número um para descobrir se existe alguma alergia.

Two gray and white cats look up in anticipation.

Livres de Grãos Significa Livres de Glúten?

Mais de 3 milhões de americanos sofrem de doença celíaca, uma condição dolorosa que pode ser tratada seguindo uma dieta livre de glúten. A boa notícia é que não há evidência científica que a mesma condição afeta os gatos, segundo a PetMD. Por isso, quando se trata da ração do seu gato, é importante saber que livres de grãos não significa livres de glúten. Para substituir os grãos, alimentos livres de grãos para gatos geralmente utilizam ingredientes como batatas, maçãs e ervilhas. Na verdade, algumas rações livres de grãos contêm níveis de carboidrato semelhantes ou até mesmo superiores a rações contendo grãos. Os carboidratos ajudam a fornecer ao seu gatinho uma nutrição completa e balanceada - a chave para uma boa saúde.

Os Gatos Conseguem Digerir Grãos?

Outro equívoco comum sobre rações livres de grãos é que possuem alto nível de proteínas. A proteína é especialmente importante na ração para gatos - diferentemente de outros animais - a proteína é a principal fonte de energia dos gatos. O que muitas pessoas não sabem - 57 por cento dos donos, de acordo com pesquisa da PetMD - é que embora os gatos realmente precisem que boa parte de sua proteína venha de animais, o seu sistema também é muito bom em digerir e absorver nutrientes de ingredientes à base de plantas de alta qualidade.

Na verdade, um alimento que conta somente com a carne como fonte de proteína pode ter níveis mais altos de fósforo. Embora o fósforo seja um nutriente essencial, há uma ligação entre alimentos com altos níveis de fósforo e a progressão da doença renal estabelecida em cães e gatos. Os vegetais e grãos são fontes de baixos níveis de fósforo de muitos dos aminoácidos de que os gatos precisam, oferecendo ao seu gato uma fonte de proteínas que ele precisa para ser saudável.

Como Encontrar o Alimento Livre de Grãos Certo Para o Seu Gato

Como saber se o que você está alimentando o seu gato é de alta qualidade? Uma maneira de determinar se o fabricante atende as normas de nutrição de alta qualidade é ver se seu alimento atende as diretrizes estabelecidas pela Associação Americana Oficial de Controle de Alimentos (AAFCO) - quem determina as normas para alimentos para animais domésticos nos Estados Unidos. Para um alimento para animais domésticos ser comercializado como “completo e balanceado”, ele deve atender às normas nutricionais estabelecidas pela AAFCO. Todas as marcas da Hill's® atendem ou superam seus critérios.

A Hill's oferece várias rações livres de grãos para escolher, todas elas oferecem balanceamento preciso de nutrientes que seu gato precisa para uma saúde ideal. Frango ou peixe é listado como o primeiro ingrediente em todas as opções livres de grãos disponíveis nas linhas de rações da Science Diet® e Ideal Balance™, essas opções estão disponíveis em ração seca e ração úmida.

A coisa mais importante para se ter mente ao escolher um alimento livre de grãos para gatos é que - assim como os humanos - os gatos possuem diferentes necessidades nutricionais. Isso significa que não existe um tipo de alimento perfeito para todos os gatos, é por isso que a Hill’s oferece uma diversidade de alimentos para atender todas as necessidades nutricionais.

Os ingredientes nos alimentos livres de grãos alinham sistema imunológico saudável e boa visão ao mesmo tempo em que oferecem a nutrição necessária para uma pele e pelagem radiantes e lustrosas. Já os prebiótiocos promovem a absorção de ingredientes e saúde digestiva. Assim como todas as rações da Hill’s, as rações para gatos livres de grãos foram desenvolvidas por uma equipe que incluía veterinários, Ph.D., nutricionistas e cientistas alimentares. O trabalho deles é criar novos produtos que ajudarão o seu animal de estimação a ter uma vida longa, saudável e plena.

Pesquise as diferentes opções disponíveis para o seu gato e, então, escolha uma ração que tenha alta qualidade e atenda todos os padrões nutricionais que o seu gato precisa (e que seu gato realmente gosta de comer!). Sua diligência contribuirá muito em garantir a saúde do seu gato não só hoje, mas também por muitos e muitos anos.

Biografia do Colaborador

Kara Murphy

Kara Murphy é uma escritora freelance de Erie, Pensilvânia. Ela tem um gato chamado Olive que, ainda bem, é livre de bolas de pelos.

Related Articles

  • Sugestões sobre Como Tratar o Seu Gato de Forma Saudável

    Dar ao seu gato um petisco ou biscoito caseiro que você mesmo fez pode ser uma ótima maneira de se conectar com seu gato e demonstrar o seu amor e atenção. Aqui seguem algumas receitas que você pode fazer em casa utilizando as nossas rações para gatos Science Diet®, Ideal Balance® ou Prescription Diet®
  • Proteínas e as necessidades especiais de seu gato | Hill's Pet

    Você provavelmente já sabe que as proteínas são importantes para sua própria saúde e que seu gato também precisa delas. A combinação certa de proteínas é fundamental, mas seu gato precisa de ajuda para obter a mistura correta.
  • Os ingredientes corretos: a base da boa nutrição felina | Hill's Pet

    Os nutrientes podem ser encontrados em diversas fontes, mas os ingredientes corretos ajudam a fornecer a nutrição ideal para a máxima saúde. Todos os alimentos Hill's™ Science Diet™ para gatos contêm os ingredientes certos para dar uma base adequada à boa saúde.
  • As preocupações levantadas pela alimentação caseira dos gatos

    154502253 Os gatos possuem necessidades nutricionais diferentes dos humanos. Em um estudo realizado com alimentos caseiros, mais de 90% deles provaram ser incompletos e nutricionalmente desbalanceados para os animais de companhia.