Tudo Sobre Rações Naturais para Cães

Published by
minuto ler

Se você está procurando um estilo de vida mais saudável para o seu cão, uma ração natural para cães que não contém cores e sabores artificiais, conservantes ou farinha de subproduto de frango parece ser uma boa escolha. Mas como você sabe se é o certo para o seu cão? Aqui estão os detalhes da ração do seu cãozinho para ajudar você e seu veterinário a fazer a melhor escolha para ele.

Definição de Ração Natural para Cães

Não há nenhum órgão governamental oficial que supervisiona a produção e rotulagem de ingredientes comerciais de ração para cães em países como os EUA, mas a Associação de American Feed Control Officials (AAFCO) fornece uma definição oficial para os fabricantes de ração para animais aderirem que a maioria dos estados aplica, de acordo com a Agência de Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA).

De acordo com a AAFCO, para se qualificar como natural, os ingredientes da ração para cães devem ser “derivados de plantas, animais ou minerais, não processados ou sujeitos a processamento físico, calor, renderização, purificação, extração, hidrólise, enzimólise ou fermentação e não sujeitos a processo quimicamente sintético”.

Natural X Orgânico

Você também pode pensar que “natural” é sinônimo de “orgânico” e você não estaria sozinho. Muitas pessoas acreditam que os dois termos são intercambiáveis, contudo o rótulo orgânico tem suas próprias especificações. Um rótulo orgânico não descreve apenas os ingredientes da ração do seu cão, mas também os métodos pelos quais eles foram cultivados e processados. Os alimentos e ingredientes orgânicos são livres de pesticidas e outros produtos químicos que podem comprometer o frescor do produto final. Eles também devem estar livres de irradiação e modificação genética - OGMs, por exemplo. Para que uma ração para cães seja rotulada como “orgânica certificada” pela USDA, ela deverá conter 100% de ingredientes orgânicos certificados e os processos precisam ser considerados orgânicos, enquanto o termo de rotulagem “feito com orgânicos” exige que apenas 70% do produto seja orgânico.

Alimentos Holísticos e Crus

“Holístico” é outro termo que muitas vezes se confunde com “natural” na comercialização de rações para cães. Considerando que alguns fabricantes comerciais de rações para animais de estimação usarão este termo em seus rótulos, de acordo com o PetMD, não existe uma definição ou diretriz oficial sobre o que isso significa. Muitas vezes, holístico refere-se a um regime caseiro de alimentos integrais e ingredientes naturais, e o termo também pode abranger “alimentos crus”, que consistem principalmente de carne crua. Contudo, estes tipos de refeições holísticas e cruas para animais de estimação têm sérios inconvenientes.

Mais importante ainda, é muito difícil fornecer o equilíbrio nutricional correto com uma ração caseira, especialmente se feito sem a orientação do seu veterinário. Embora os proponentes de alimentos crus insistam que a carne crua está mais próxima dos costumes de seus ancestrais caninos (pense em Paleo para cães), o Journal of Animal Science confirma que os cãezinhos domésticos evoluíram para digerir adequadamente os carboidratos. Na verdade, eles agora precisam de certa quantidade de carboidratos e fibras para uma nutrição saudável e equilibrada.

Outra armadilha dos alimentos crus para animais de estimação é que eles colocam os cães em maior risco de parasitas, bactérias e outros patógenos de origem alimentar. Os cães podem ter a reputação de serem estômagos de ferro com quatro patas, mas o risco para a saúde ainda é significativo o suficiente para que a maioria dos veterinários desaconselhe.

Benefícios das Rações Naturais

Às vezes, os ingredientes artificiais das rações para cães e o processamento químico podem levar a problemas inesperados de saúde para o seu cão. De acordo com a National Canine Cancer Foundation, alguns aditivos químicos, como a etoxiquina, podem causar alergias na pele e problemas nos órgãos do seu animal de estimação. Mesmo alguns conservantes usados em rações para cães podem ser realmente tóxicos para os cães - ingredientes considerados meramente “grau alimentar”, de acordo com o PetSafe, que devem estar ausentes na ração natural para cães. A compra de ração natural ajuda a evitar ingredientes que possam ser tóxicos ou prejudiciais ao seu cão. É importante notar também que os ingredientes artificiais podem ter um impacto negativo no meio ambiente. Se alguma dessas coisas lhe preocupa, a ração natural para cães é provavelmente a melhor escolha para sua tigela.

Ingredientes

O mais importante para a saúde do seu cão é a qualidade dos ingredientes em sua ração. Aqui estão os ingredientes típicos das rações para cães que você encontrará no rótulo:

  • “Carne” consiste em tecido muscular ou órgãos de animais, como o coração ou a língua. “Refeições de carne” são feitas de subprodutos de carne moídos, que indicam partes do animal que são consideradas impróprias para consumo humano (coisas como pés, cérebro e intestinos - não para estragar seu próprio apetite). A farinha de carne pode servir como uma fonte de proteína de qualidade para o seu cão e, devido ao seu baixo teor de água, é frequentemente usada em rações secas para cães.
  • Milho e grãos. Milho moído ou outros grãos, como trigo ou aveia, muitas vezes constituem uma porção significativa de ração seca para cães. Embora tenham sido levantadas preocupações sobre se esses grãos desempenham um papel nas alergias e condições de pele, o milho é uma fonte nutritiva de carboidratos e existem poucas evidências para sugerir que seja um alérgeno.

  • Frutas e vegetais. Muitas rações naturais incluem frutas e vegetais, como cenouras e verduras, em sua lista de ingredientes. Estes podem servir como uma melhor fonte de carboidratos do que os grãos, mas este benefício depende da quantidade incluída.
  • Vitaminas e minerais. Muitas rações naturais para cães são enriquecidas com vitaminas e minerais adicionais, como vitaminas A e B e óxido de zinco, para compensar o valor nutricional inerente que outros ingredientes perdem durante o processamento.
  • Gorduras. Por mais sensível que você seja para ver o conteúdo de gordura em sua própria comida, uma certa quantidade é essencial. Gorduras vegetais ou animais, como gordura de frango, são geralmente adicionadas à ração para cães para melhorar a pelagem e a pele e tornar o sabor dos alimentos melhor ao mesmo tempo.

Saúde (Em Ordem de Aparecimento)

Ao determinar se uma ração para cães é de boa qualidade, outra coisa que se deve procurar é a ordem em que os ingredientes são listados. Assim como seus produtos, os rótulos de ingredientes devem listar os ingredientes em ordem de quantidade, do maior para o menor. As rações para cães de melhor qualidade incluem proteínas no topo da lista e, idealmente, especificam uma fonte de proteína denominada como truta ou frango antes da “refeição de carne”. A proteína deve ser seguida por vegetais inteiros, frutas ou grãos, enquanto as gorduras devem estar um pouco mais abaixo na lista. Procure um tipo específico de gordura, como “gordura de porco” ou “óleo de soja”, em oposição a termos genéricos como “gordura animal” ou “óleo vegetal”.

Nutrição Equilibrada

No entanto, assim como qualquer alimento, é importante que a ração do seu cão seja equilibrada para atender às suas necessidades nutricionais. Procure por uma ração feita com ingredientes naturais com suplementos adicionados, como vitaminas, aminoácidos e antioxidantes. Esses nutrientes adicionais podem não ser encontrados naturalmente, mas fornecem um papel significativo na saúde geral do seu cão, como o crescimento muscular. Se você estiver no mercado buscando por uma ração natural para cães, não evite os alimentos que incluem esses nutrientes adicionais, pois eles são adicionados para promover a saúde canina.

Em última análise, a decisão sobre que tipo de ração alimentar seu cãozinho se resume ao que é melhor para ele, assim como seu estilo de vida. O verdadeiro teste está em como ele responde à sua ração e se sua escolha para ele deixa vocês dois melhores. Se você tiver alguma dúvida, consulte sempre seu veterinário. Ele pode ajudar a avaliar as necessidades do seu cão em particular e fornecer recomendações para você tentar.

Biografia da Colaboradora

Jean Marie Bauhaus

Jean Marie Bauhaus

 

Jean Marie Bauhausé autora de ficção e escritora e editora freelance. Ela frequentemente escreve sobre animais de estimação e cuidados com animais de estimação de seu escritório em casa em Tulsa, Oklahoma, onde ela geralmente é “assistida” por um colo cheio de gatos.

 

Artigos Relacionados

Produtos Relacionados